Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Indústria

Tesla inaugurou gigafábrica de Berlim com uma “giga-festa”

Para assinalar a inauguração da gigafábrica em Berlim a Tesla organizou um festa que juntou concertos, comida, luzes e muita diversão. Nem Elon Musk faltou à chamada!

Uma roda gigante, música eletrónica e Elon Musk como figura central. Foi assim que a Tesla inaugurou no passado sábado — 9 de outubro — a tão aguardada gigafábrica (a quarta) na Alemanha, nos arredores de Berlim.

As imagens que circulam nas redes sociais mostram um ambiente de festa e um cenário que podia muito bem ser o de um festival de música. Não faltaram atrações, stands de comida e muitas luzes.

Pelo meio, Elon Musk ainda falou aos presentes e até “soltou” umas palavras em alemão, para alegria das cerca de 9000 pessoas que compareceram.

A NÃO PERDER: Desta vez é a sério: já há um Tesla Model 3 com motor de combustão

Mas por entre este cenário de diversão houve naturalmente espaço para que quem foi assistir ao evento tivesse visto os vários modelos da marca norte-americana em exposição e visitado as instalações da fábrica. As visitas guiadas às instalações tiveram a duração de 1h30min.

“Podemos produzir tantos automóveis aqui por ano como os que se venderam na União Europeia no ano passado”, indicaram os funcionários da Tesla aos visitantes, de acordo com a publicação Deutsche Welle.

Formalidades ainda por resolver

Apesar da inauguração, a Tesla ainda precisa de obter a licença final do Departamento Estatal do Meio Ambiente de Brandeburgo, que deverá ser emitida ainda este ano.

Recorde-se que a Tesla planeava inicialmente ter aberto a sua gigafábrica em julho, mas acabou por adiar esses planos para o final do ano, fruto daquilo a que a empresa norte-americana chamou de “obstáculos burocráticos alemães”.

Embora muitos tenham aplaudido a instalação da gigafábrica nesta localização, perspectivando os milhares de postos de trabalho que vão ser gerados, outros expressarem várias preocupações ambientais, sobretudo depois de a Tesla ter anunciado que ia acrescentar uma fábrica de células de bateria a estas instalações, em Grünheide.

No total, e de acordo com o Deutsche Welle, foram feitas mais de 800 objeções por moradores locais e grupos ambientalistas, que ainda estão a ser tratadas.

A NÃO PERDER: 118 milhões de euros. É esta a quantia que a Tesla foi condenada a pagar por racismo

Por esclarecer está também o auxílio estatal que a Tesla — que vai investir cerca de 5 mil milhões de euros neste complexo — vai receber do governo alemão pela construção de uma unidade de produção de células de bateria. O jornal alemão Tagesspiegel adianta que a Tesla poderá contar com “subsídios estatais alemães de 1140 milhões de euros”.

Sabe responder a esta?
Qual a potência do BMW iX xDrive50?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

BMW iX xDrive50 (523 cv). O maior SUV 100% elétrico da BMW

Mais artigos em Notícias