Revolução na Lamborghini! Dos híbridos ao primeiro elétrico

Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Indústria

Revolução na Lamborghini! Dos híbridos ao primeiro elétrico

A partir de 2025, todos os Lamborghini à venda serão híbridos e o primeiro 100% elétrico da marca do «touro» chega em 2028.

A revolução elétrica da Lamborghini já está em marcha e vai conhecer novos protagonistas nos próximos anos, com híbridos e o seu primeiro elétrico.

Stephan Winkelmann, diretor executivo da marca italiana, esteve à conversa com os britânicos da Autocar e desvendou os planos da «casa» de Sant’Agata Bolognese até ao final da década.

Depois dos Sián FKP 37 e Sián Roadster e do Lamborghini Countach LPI 800-4, que até ao momento foram a única cedência à eletrificação por parte da Lamborghini, a marca do «touro» prepara-se para eletrificar toda a sua gama nos próximos anos.

A NÃO PERDER: Lamborghini: 2022 vai ser o último ano «puramente» a combustão
Stephan Winkelmann Lamborghini-2

O primeiro modelo desta ofensiva será o sucessor do Aventador, que será revelado em 2023 como um híbrido plug-in, ainda que mantendo o tradicional V12.

Depois será a vez do Urus, que vai receber uma variante híbrida plug-in em 2024. O Huracán eletrificado chega em 2025.

Winkelmann considera que eletrificar os dois superdesportivos da empresa e o seu modelo de maior volume, o Urus, é suficiente para reduzir as emissões de CO2 para cerca de metade do nível atual.

Lamborghini Superdesportivo V12 fotos-espia
Sucessor do Lamborghini Aventador vai manter o motor V12, mas render-se à eletrificação. © Razão Automóvel

E a «clientela» da marca transalpina não será um problema nesta transição, muito pelo contrário: “eles estão prontos para a hibridização porque nós sempre dissemos que não tínhamos que ser os primeiros, mas assim que entrássemos, tínhamos que ser os melhores, e isso é algo que eu acredito verdadeiramente que vai acontecer”.

A partir de agora, só modelos eletrificados

Este ano será o último em que a gama da Lamborghini vai contar com modelos com motor puramente a combustão. E “a partir de 2025” a Lamborghini só vai “oferecer modelos híbridos na sua gama”.

VEJAM TAMBÉM: Ainda com V12. Sucessor do Lamborghini Aventador avistado pela primeira vez

Mas se a eletrificação é motivada, em grande parte, pela necessidade de reduzir emissões, não passa pela cabeça de Winkelmann ceder ao downsizing e lançar, por exemplo, um motor V6, como vimos nos rivais da Ferrari e McLaren:

De acordo com Winkelmann, os motores V10 e V12 fazem “parte da tradição” da Lamborghini.

“Por exemplo, o V12 do sucessor do Aventador será um motor totalmente novo e desde que eles cumpram as regras, é algo que na minha opinião devemos oferecer”, explicou, antes de reconhecer que é muito difícil fazer um V12 que obedeça às regras de emissões mais recentes: “é difícil, mas faz parte do ADN do carro porta-estandarte”.

Primeiro elétrico chega em 2028

O primeiro modelo 100% elétrico da Lamborghini será apresentado em 2028 e deverá ser um crossover de quatro lugares. Contudo, os detalhes ainda são escassos, com Winkelmann a revelar que “no que toca ao nosso primeiro elétrico, é claro que a nossa abordagem é transparente e prudente”.

“Transparente porque dizemos: ‘Sim, a eletrificação faz parte do nosso futuro’; e prudente porque dizemos: ‘É um carro totalmente novo: o nosso quarto modelo. É um segmento onde não estamos há várias décadas, se falarmos num 2+2 ou um quatro lugares, provavelmente com maior altura ao solo”, disse.

“Terá uma maior altura ao solo do que um carro normal, é essa a ideia, mas ainda não há uma decisão clara tomada e, portanto, é um pouco cedo para discutir isso em profundidade”, explicou Winkelmann.

Lamborghini Espada
Primeiro 100% elétrico da Lamborghini poderá ser uma reinterpretação moderna do Lamborghini Espada?

Mas apesar destas indefinições, o projeto não está parado: “está a avançar no sentido em que vamos decidir este ano que tipo de carro será. E não só em termos de volumes, preço ou estilo de carroçaria, mas também muito sobre o conteúdo do carro”, disse.

“Se tudo correr dentro do esperado, vamos lançar este projeto até ao final deste ano”, revelou.

O que se sabe?

Ainda pouco se sabe sobre este modelo, mas é possível que a Lamborghini venha a usar a plataforma SSP (uma espécie de fusão entre a nova PPE e a MEB) do Grupo Volkswagen, a mesma que estará na base do projeto Artemis da Audi (que dará origem ao sucessor do A8, que será totalmente elétrico) e na base do primeiro 100% elétrico da Bentley.

LEIAM TAMBÉM: Lamborghini Countach LPI 800-4 na estrada e em «família»

“Fazê-lo é importante para o ADN da marca. É claro que vai ser um verdadeiro Lamborghini. Mas por outro lado, não há nenhum fabricante que faça tudo dentro de portas, por isso temos a oportunidade de comprar dentro ou fora do grupo . E essa é uma grande vantagem que temos”.

Lamborghini Urus
Na segunda geração, o Urus vai tornar-se no segundo 100% elétrico da Lamborghini.

Urus elétrico a caminho

O segundo modelo totalmente elétrico da Lamborghini será o Urus, que depois de receber uma versão híbrida plug-in em 2024, vai evoluir para um modelo 100% elétrico.

“Depois da versão híbrida, o Urus vai render-se por completo à eletrificação”, confirmou Winkelmann, antes de revelar que será “um modelo totalmente novo” na próxima geração.

Fonte: Autocar

Sabe responder a esta?
Em que ano foi revelado o Lamborghini LM002?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Lamborghini LM002. O «touro indomável» de Sant’Agata Bolognese

Mais artigos em Notícias