345Quantas mais edições leres, mais hipóteses terás de ganhar! Cada edição lida corresponde a uma possibilidade.Em data que anunciaremos posteriormente, faremos uma transmissão live através do Facebook para sortearmos o vencedor!Segue-nos no Facebook e no Instagram para não perderes o lançamento de cada edição.Cada artigo tem um tempo médio de leitura. À medida que o vais lendo vamos fazendo a contagem do tempo que estás a usar.1Quando atingires o tempo médio de leitura activas o espaço onde te podes candidatar ao prémio.2Cada artigo tem um tempo médio de leitura. À medida que o vais lendo vamos fazendo a contagem do tempo que estás a usar.Quando atingires o tempo médio de leitura activas o espaço onde te podes candidatar ao prémio.12345Quantas mais edições leres, mais hipóteses terás de ganhar! Cada edição lida corresponde a uma possibilidade.Em data que anunciaremos posteriormente, faremos uma transmissão live através do Facebook para sortearmos o vencedor!Segue-nos no Facebook e no Instagram para não perderes o lançamento de cada edição.
Conteúdo patrocinado Volkswagen

MEB. A plataforma que vai eletrificar o Grupo Volkswagen

Para a Volkswagen desenvolver um modelo 100% elétrico não passa apenas pela motorização. É preciso que a plataforma também tenha sido pensada de raíz para as necessidades destes veículos.

Volkswagen

Os carros não são todos iguais. E os elétricos, por não necessitarem do espaço que outrora estava reservado aos motores de combustão, ainda mais diferentes são. É com base nesta premissa que os engenheiros do Grupo Volkswagen lançaram mãos à obra e criaram a plataforma MEB, conhecida internamente como “Modular Electrification Toolkit”.

Exclusivamente pensada para veículos elétricos, a MEB é a plataforma do Grupo Volkswagen para o futuro 100% eletrificado do automóvel. Ao contrário do que é habitual, não é uma plataforma adaptada, mas sim uma plataforma desenvolvida de raíz para maximizar as vantagens dos veículos elétricos.

Graças à plataforma MEB, vai ser possível aproveitar ao máximo as possibilidades que os modelos elétricos oferecem. A sua modularidade é tão grande que no futuro veremos vários modelos a servirem-se da sua tecnologia. Desde compactos, a desportivos, sem esquecer os SUV e até os comerciais.

A plataforma MEB é, sem dúvida, o projeto mais importante da história da Volkswagen, semelhante à transição do Beetle para o Golf

Thomas Ulbrich, Membro do Conselho de Administração da Volkswagen responsável pela mobilidade elétrica

O nascimento da plataforma MEB

O início do desenvolvimento da MEB remonta a 2015 e serviu-se dos importantes ensinamentos retirados do desenvolvimento (e uso) da conhecida plataforma MQB — que serve de base a modelos como o Polo, o Golf, o Tiguan e o Passat — ou seja: através de uma plataforma modular flexível única, ser possível aumentar as sinergias entre modelos, reduzir tempos de produção e maximizar os recursos alocados a cada unidade.

Plataforma MEB

Com base neste caderno de encargos, a Volkswagen avançou para a criação de uma plataforma que lhe permitisse organizar a produção de modelos 100% elétricos de forma mais eficiente. Uma demonstração de confiança do «Gigante Alemão» no futuro do mercado automóvel 100% eletrificado.

Os desafios da MEB

Para começar, a Volkswagen teve de responder a uma pergunta: como desenvolver uma plataforma para carros 100% elétricos capaz de assumir as mais diferentes formas e, simultaneamente, integrar o maior número possível de aplicativos e interfaces? Por outras palavras, que seja à prova de futuro.

Foi precisamente com os olhos postos no futuro que a MEB foi, desde início, preparada para integrar (sem ser preciso adaptações retroativas) sistemas relacionados com a digitalização, conectividade e até condução autónoma. Tudo isto na tentativa de antecipar grande parte das tendências previstas para a indústria automóvel.

Plataforma MEB

Outro dos desafios enfrentados durante o desenvolvimento da MEB foi assegurar que esta plataforma não só oferecia bons níveis de eficiência (ainda para mais tratando-se de uma plataforma para elétricos), mas também conseguia fazê-lo mantendo os custos de produção controlados, permitindo assim preços de venda mais baixos e uma mais rápida democratização do automóvel elétrico.

As vantagens de uma plataforma dedicada aos elétricos

Mas vamos por partes. Afinal de contas, quais são as reais vantagens de uma plataforma pensada exclusivamente para modelos elétricos como a MEB?

Para começar, a criação de uma plataforma pensada exclusivamente para modelos elétricos permite “arrumar” os componentes mecânicos de forma mais eficiente, aproveitando melhor o espaço habitável libertado pelo motor de combustão. O espaço outrora reservado ao motor de combustão, serve agora para aumentar o espaço a bordo.

Plataforma MEB
A ausência de um motor de combustão permitiu ainda à Volkswagen aumentar a distância entre eixos dos modelos com esta plataforma. Como é óbvio esta opção vai traduzir-se num maior espaço habitável, permitindo, por exemplo, ao ID.3 ter o tamanho de um Golf e o espaço de um Passat.

Uma plataforma, vários modelos

Para além destas mais valias, o sistema de baterias usados pela MEB é escalável, ou seja, é possível equipar a MEB com baterias de diferentes capacidades consoante as necessidades do modelo em causa.

Plataforma MEB

Ao mesmo tempo, a enorme modularidade da MEB permite a criação de modelos diferenciados sem aumentar excessivamente os custos. Quanto mais ampla for a oferta, maior a probabilidade da Volkswagen ir de encontro às necessidades específicas de cada cliente.

Graças à MEB, o Grupo Volkswagen é, para já, o único construtor automóvel a desenvolver plataformas 100% elétricas para os segmentos mais vendidos na Europa: o segmento dos pequenos familiares e utilitários — ainda que a plaforma MEB possa dar «corpo» a modelos de segmentos superiores.

Plataforma MEB

A MEB é, sobretudo, uma aposta muito comprometida com o futuro do automóvel e com a sustentabilidade ambiental. É o derradeiro passo de uma marca que acredita a 100% na eletrificação do automóvel. Na Volkswagen, o amanhã é elétrico.

RELACIONADO: ID. A família de modelos 100% elétricos que vai mudar a Volkswagen