Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Antevisão

Oficial. A Lamborghini confirma primeiro modelo 100% elétrico

Apostada em eletrificar toda a sua gama até 2024, a Lamborghini deverá apresentar o seu primeiro modelo 100% elétrico na segunda metade da década.

Apesar de o seu Diretor Executivo, Stephan Winkelmann, afirmar que “o motor de combustão deve durar tanto tempo quanto possível”, a Lamborghini vai também apostar fortemente na eletrificação.

Para começar, ao abrigo do plano “Direzione Cor Tauri”, a que corresponde um investimento de 1,5 mil milhões de euros (o maior de sempre na história da Lamborghini), a marca de Sant’Agata Bolognese, planeia eletrificar, até 2024, os três modelos que compõem a sua gama.

Na primeira fase (entre 2021 e 2022) este plano vai focar-se na “celebração” (ou será despedida?) do motor de combustão na sua forma mais “pura”, com a Lamborghini a planear lançar dois modelos com motor V12 sem qualquer tipo de eletrificação, ainda este ano (2021).

VEJAM TAMBÉM: Oficial. O primeiro Ferrari 100% elétrico vai chegar em 2025
Lamborghini futuro
O esquema que explica o plano “Direzione Cor Tauri”.

Numa segunda fase, a da “transição híbrida”, que começa em 2023, a marca italiana planeia lançar o seu primeiro modelo híbrido de produção em série (o Sián é de produção limitada) que culminará, no final de 2024, com a eletrificação de toda a gama.

O objetivo interno da empresa, nesta fase, é o de começar 2025 com uma gama de produtos que emitam menos 50% de emissões de CO2 do que agora.

O primeiro Lamborghini 100% elétrico

Por fim, após todas as fases e metas já reveladas, é para a segunda metade desta década que está “guardado” o modelo mais intrigante desta ofensiva: o primeiro Lamborghini 100% elétrico.

Será o quarto modelo do portefólio da marca fundada por Ferrucio Lamborghini, ficando por saber que tipo de modelo será. Segundo os britânicos da Autocar, este inédito modelo recorrerá à plataforma PPE desenvolvida pela Audi e pela Porsche.

Mas quanto ao formato que este deverá assumir, ainda não há quaisquer informações, onde só podemos especular. Porém, dado o provável recurso à PPE, os rumores apontam na direção de um GT de duas portas e quatro lugares (um herdeiro espiritual do Espada?).

Lamborghini futuro
Um Lamborghini apenas com motor de combustão, uma imagem que está em “vias de extinção”.
VEJA TAMBÉM: Sucesso. Lamborghini já fez 400 Huracán de competição

Não é a primeira vez que a hipótese GT 2+2 é discutida na Lamborghini. O anterior diretor executivo da Lamborghini, Stefano Domenicali, já a tinha mencionado numa entrevista em dezembro de 2019: “Não faríamos um SUV mais pequeno. Não somos uma marca premium, somos uma marca superdesportiva e precisamos de estar no topo”.

“Acredito que haja espaço para um quarto modelo, um GT 2+2. É um segmento em que não estamos presentes, mas alguns concorrentes estão. Essa é o único formato que vejo fazer sentido”, reforçou. Será desta?

Sabe responder a esta?
Em que ano foi revelado o SEAT Ronda?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Este SEAT Ronda foi usado como prova em tribunal. Porquê?

Mais artigos em Notícias