Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Viagens de Natal

Viagens de Natal «sobre rodas»? 8 dicas para que corram sem problemas

As viagens de Natal são como uma tradição para muitos condutores. Para ajudar a chegar ao destino sem problemas, fiquem com algumas dicas.

A par do verão, o Natal é, provavelmente, a época do ano na qual os portugueses mais viajam — as viagens à «terra» para visitar a família na quadra festiva são uma «tradição» para muitos.

Combinado com os maiores rigores da estação invernal que se aproxima, convém tomar particular atenção ao estado do nosso automóvel, para que cheguemos ao nosso destino tranquilamente.

Para tal, deixamos aqui algumas dicas para que a única preocupação no vosso Natal seja aproveitar ao máximo esta época em vez de estarem à beira da estrada, ao frio, a aguardar que chegue o reboque.

A NÃO PERDER: Condução sob o efeito do álcool. Taxas, coimas e sanções

1. Bateria

A bateria é, seguramente, um dos principais candidatos a causar-vos «dores de cabeça» no Natal: as temperaturas mais frias não ajudam ao seu desempenho.

Para evitar problemas, estejam atentos aos sinais de que a bateria pode já não estar nas melhores condições, como por exemplo, uma maior dificuldade em colocar o carro a trabalhar. Se possível, verifiquem a tensão elétrica da carga da mesma. Se estiver abaixo dos 12 V o melhor é juntarem à lista de presentes uma bateria nova para o carro.

Baterias

Já dedicámos um artigo em especial à bateria com várias dicas para melhor enfrentar estes meses mais frios. Leiam ou releiam-no:

VEJAM TAMBÉM: Vem aí o inverno: 4 dicas para preparar a bateria para o frio

2. Nível de óleo

Outra dica antes de se fazerem à estrada passa por verificarem o nível de óleo do vosso carro para confirmar que se encontra dentro dos limites definidos pelo fabricante (nem a menos nem… a mais, até para evitar situações como casos de autocombustão).

Já se a data da mudança do óleo se estiver a aproximar, talvez não seja má ideia antes de se fazerem à estrada. Afinal de contas este não é eterno e o vosso automóvel também merece alguns «mimos de Natal».

3. Atenção às escovas do limpa para-brisas

Estamos no fim do outono e o inverno aproxima-se a passos largos — o tempo só tem tendência a piorar. Talvez não seja má ideia verificarem o estado das escovas do limpa para-brisas, pois com chuva (ou neve) não há nada pior do que ter escovas que «sujam» mais do que conseguem limpar.

LEIAM TAMBÉM: Danifiquei o meu carro num buraco da estrada. O que posso fazer?

Além disso, duvidamos que o tradicional chiar das escovas em fim de vida possa ser considerada uma música de Natal.

4. Iluminação

Não, não falamos das luzes de Natal, mas sim dos faróis do vosso automóvel. Os dias são mais curtos nesta altura do ano e para evitar que andem «às escuras», aconselhamos que verifiquem o estado de todas as luzes do carro antes de qualquer viagem.

Polimento dos faróis

Para o fazer, tanto podem pedir ajuda a alguém que verifique o correto funcionamento de todas as luzes, ou sozinhos, estacionando o carro perto de uma parede o que permite observar o reflexo das luzes.

A NÃO PERDER: Porque é que os carros franceses usavam faróis amarelos?

5. Climatização

Se em casa temos lareiras e aquecedores para nos manter confortáveis, no automóvel temos o sistema de climatização (com ou sem ar condicionado).

Apesar de não ser usual a sua falha, este não está imune a avarias. Mantenham-se atentos a pequenas alterações no seu funcionamento (menor capacidade de desembaciamento do vidro ou de aquecimento do habitáculo), pois podem ser sinónimo de problemas à espreita.

6. Direção

Vibrações no volante e uma direção que tende a «fugir» para um dos lados, são sinónimos de problemas.

A NÃO PERDER: Enjoam em viagens de automóvel? 5 dicas para o evitar

No primeiro caso pode ter como causa uma roda desequilibrada. No segundo caso, podemos testar se a direção está alinhada largando o volante numa reta em plano a uma velocidade constante (e façam-no em segurança, sem outros veículos à volta).

Em ambos os casos, uma visita a uma «casa» de pneus para verificar a direção e o equilíbrio das rodas resolve todos os problemas.

7. Pneus e travões

Por falar em pneus, é imperativo não esquecer que são a nossa única ligação à estrada. É crucial que verifiquem o seu estado para viagens mais seguras, sobretudo nesta altura do ano, em que as condições climatéricas são piores.

Comecem por uma análise visual ao estado dos pneus. Pneus gretados, com bolhas ou com piso mais próximo ao de um slick de Fórmula 1 do que de um veículo familiar devem ser rapidamente substituídos para evitar acidentes.

pneu careca
Estes pneus já viram melhores dias.

Depois de confirmado o bom estado dos pneus, não se esqueçam de verificar a pressão dos mesmos, repondo-a caso esteja acima ou abaixo do indicado pelo fabricante — caso o carro vá mais carregado que o habitual, pode ser necessário fazer ajustes à pressão, como indicado pelos fabricantes.

LEIAM TAMBÉM: O rótulo dos pneus mudou. Fiquem a conhecê-lo em detalhe

No caso dos travões, estejam atentos a anomalias durante a travagem (menor poder de travagem, desequilíbrios ou guinadas para um dos lados) e ainda à «chiadeira» que, normalmente, é sinal de de investir num novo jogo de pastilhas.

8. Cuidado com o gelo

Seja na estrada ou no vidro do vosso automóvel, o gelo é muitas vezes um inimigo nesta altura do ano. Se se depararem com ele na estrada, assumam uma condução cautelosa e o mais preventiva possível.

Já nos vidros, o gelo é bem mais fácil de combater, como vos explicámos neste artigo. Se bem se recordam, uma simples solução alcoólica consegue facilmente derreter o gelo do vosso para-brisas nas manhãs mais frias. Se a isso juntarem uma pequena espátula para rapar do vidro o gelo restante, repõem a visibilidade pretendida.

Esperamos que com estas dicas as vossas viagens de Natal corram da melhor forma! E… BOAS FESTAS!

Sabe responder a esta?
Que modelo é que o SEAT Ronda foi acusado de copiar?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Este SEAT Ronda foi usado como prova em tribunal. Porquê?

Mais artigos em Autopédia