Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Leilão

Antes do Cygnet, a Aston Martin criou o luxuoso Frazer-Tickford Metro

Muito antes de ter lançado o Cygnet, a Aston Martin associou-se à British Leyland e juntas criaram uma versão muito especial do Austin Metro. O resultado foi o Frazer-Tickford Metro.

Modesto, frugal e espartano, o simpático Austin Metro esteve, curiosamente, na base de alguns modelos bem especiais. Além de ter sido a base do MG Metro 6R4 do Grupo B, o humilde citadino britânico teve também direito a uma versão luxuosa com a assinatura da… Aston Martin.

Antes de ter tido um citadino com o seu símbolo, o Cygnet (não mais que um Toyota iQ), a marca favorita do James Bond associou-se nos anos 80 à British Leyland e juntas criaram uma versão exclusiva do Austin Metro.

Designada Frazer-Tickford Metro, esta variante do citadino britânico foi produzida pela Tickford (carroçador comprado pela Aston Martin em 1955) e é, muito provavelmente, a interpretação mais exclusiva do Metro.

A NÃO PERDER: Regressado Mini Moke passa a ser produzido totalmente em “casa”, no Reino Unido
Não foram produzidas mais do que 26 unidades do Frazer-Tickford Metro, das quais apenas três tinham volante à esquerda. Para terem uma ideia de quantas poucas unidades foram, o especial de homologação MG Metro 6R4 viu sair da linha de produção 220 unidades, 200 das quais road legal.

O que mudava face aos outros Metro?

Face aos restantes Austin Metro, o Frazer-Tickford Metro começava por se destacar graças ao seu vistoso kit de carroçaria que oferecia ao modesto utilitário um visual mais agressivo, cortesia dos alargamentos da carroçaria, saias laterais, novos para-choques e jantes, e ainda uma grelha exclusiva.

Ainda no exterior, o autocolante a dizer “Tickford” na traseira (anos 80 no seu melhor) e os logótipos da Aston Martin faziam questão de assinalar que este Metro era bem diferente dos restantes. Contudo, era no interior que a participação da Aston Martin no projeto se tornava mais evidente.

O interior outrora espartano passou a contar com acabamentos em couro e Alcantara, uma consola central exclusiva direcionada para o condutor, contendo um novo rádio e ainda “luxos” como o cruise control ou o teto de abrir. Tudo isto no início dos anos 80!

Por fim, o motor também beneficiou da experiência da Aston Martin. Especialmente preparado pela marca de Gaydon, o pequeno 1275 cm3 (uma evolução do motor A-Series do MINI) passava a debitar 80 cv de potência, um salto de quase 20 cv em relação ao modelo de série. Isto foi conseguido graças à adoção de um carburador Weber, válvulas maiores e ainda uma nova árvore de cames.

A NÃO PERDER: STRIP. O MINI com cortiça que imagina um futuro mais sustentável

A unidade à venda

Tendo em conta a raridade do Frazer-Tickford Metro é seguro dizer que o pequeno modelo britânico é um «unicórnio». Por isso mesmo o surgimento de um à venda, ainda para mais um dos três com volante à esquerda, é motivo para dizer “parem as rotativas“.

O exemplar de que vos falamos saiu da linha de produção em 1982 e era propriedade do antigo fotógrafo oficial da Ferrari, Wendal McBride. Com apenas 15 mil quilómetros, este Frazer-Tickford Metro vai ser leiloado pela H&H Classics e espera-se que seja vendido por cerca de 45 mil libras (perto de 54 mil euros).

Sabe responder a esta?
Em que ano foi lançado o Renault Clio V6?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

No adeus aos Renault Sport, recordamos 5 dos mais especiais

Mais artigos em Notícias