Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Apresentação

Vestido a rigor, o BMW i4 M50 é o novo “safety car” da MotoE

O BMW i4 M50 vai suceder nas funções de "safety car" da MotoE ao BMW i8. A estreia está marcada para 15 de agosto no Red Bull Ring, na Áustria.

Depois de há uns meses termos conhecido o novo  “safety car” para a Fórmula E, o MINI Electric Pacesetter, foi a vez da MotoE (a congénere da Fórmula E no campo do motociclismo) receber um novo “safety car”: o BMW i4 M50.

Baseado no i4 M50 que chegará ao mercado em novembro, o “safety car” que vem substituir o i8 apresenta-se com dois motores elétricos (um em cada eixo) e um total de 544 cv e 795 Nm de binário que lhe permitem alcançar os 100 km/h em 3,9s.

Como seria de esperar, a divisão M aplicou os seus conhecimentos não só ao chassis do novo elétrico alemão como ao sistema de travagem e à aerodinâmica. Já no campo estético o BMW i4 M50 recebeu uma decoração específica onde se destaca a pintura cinzenta que contrasta com os detalhes em verde.

BMW i4 M50

Esta cor não só marca presença nos detalhes gráficos que adornam a carroçaria como foi usada no enorme duplo rim, ajudando-o a destacar-se (ainda) mais. A completar o visual temos as obrigatórias luzes de sinalização.

A NÃO PERDER: BMW 520e. O Série 5 “de ligar à tomada” mais barato convence?

Primeiros passos rumo ao futuro

Com estreia marcada já para 15 de agosto na prova de MotoE que se disputa no Red Bull Ring, em Spielberg, na Áustria, o BMW i4 M50 é, para Markus Flasch, diretor executivo da BMW M, o “safety car” mais apropriado para a categoria 100% elétrica do motociclismo criada em 2019.

Acerca do novo modelo, Markus Flasch afirmou: “Com o BMW i4 M50, entramos numa nova era e apresentamos o primeiro BMW M totalmente elétrico (…) estamos a abrir caminho para um futuro, no qual a combinação de veículos desportivos de alto desempenho e a eletrificação são um tema estimulante”.

LEIAM TAMBÉM: eDriveZones. Híbridos da BMW passam para modo elétrico sozinhos em zonas de baixas emissões

Para o Diretor Executivo da BMW M, este modelo permitirá “mostrar que tudo o que as pessoas valorizam na BMW M — a típica experiência de condução M com potência e dinâmica — também é possível num veículo totalmente elétrico”.

Baseado numa versão adaptada da plataforma CLAR já usada pelo Série 3, o i4 tem lançamento previsto para novembro e estará originalmente disponível em duas variantes: i4 M50 e i4 eDrive40, com ambas as versões a recorrerem a uma bateria com oferece 83,9 kWh de capacidade.

Sabe responder a esta?
Qual é a capacidade da bagageira do BMW 320e?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

BMW 320e. Conduzimos o Série 3 híbrido plug-in mais acessível da gama

Mais artigos em Notícias