Apresentação

Toyota e Cruz Vermelha japonesa testam clínica móvel a hidrogénio

Fruto de uma parceria entre a Toyota e a Cruz Vermelha do Japão, a primeira clínica móvel do mundo baseada num veículo a hidrogénio já é uma realidade.

Com entrada ao serviço prevista para o verão de 2021, a primeira clínica móvel feita com base num veículo com pilha de combustível a hidrogénio (fuel cell) já é uma realidade graças ao esforço conjunto da Toyota e da Cruz Vermelha japonesa.

A 31 de março de 2021 as duas entidades acordaram começar com a demonstração desta clínica móvel única no mundo. O objetivo passa por comprovar a sua eficácia na área da medicina e em cenários de desastres naturais.

O projeto conjunto da Toyota e do Hospital Kumamoto da Cruz Vermelha japonesa arrancou no verão de 2020 e “inspirou-se” nos desastres naturais que têm assolado aquele país nos últimos anos.

A NÃO PERDER: Toyota Land Cruiser. O primeiro veículo certificado pela OMS para transporte de vacinas
Toyota Cruz Vermelha ambulância
O objetivo da Toyota e da Cruz Vermelha japonesa é salvar vidas ao mesmo tempo que se salva o ambiente.

Além da medicina

Desenvolvida com base no miniautocarro Coaster, esta clínica móvel recorre ao sistema fuel cell usado pela primeira geração do Toyota Mirai e além de servir como ambulância e clínica móvel, é ainda ma espécie de “central elétrica ambulante”.

Assim, a clínica móvel a hidrogénio da Toyota conta com várias tomadas elétricas (no interior e no exterior) e conta com um sistema de fonte de alimentação elétrica DC (corrente direta) externo que fornece uma fonte de alimentação de alta capacidade (saída máxima de 9 kW, capacidade de alimentação de aproximadamente 90 kWh).

Além de poder transportar doentes e de fornecer energia, a clínica móvel pode ser usada como unidade de doação de sangue, servir para a realização de exames médicos e até cumprir as funções de unidade móvel de testes PCR.

Para tal conta no seu interior com ar condicionado e um filtro HEPA que permite filtrar pelo menos 99,97% das partículas com 0,3 μm de diâmetro.

A NÃO PERDER: Jacinto Eco Camões. O camião de combate a incêndios elétrico, de controlo remoto e… português

Os números desta “ambulância”

Baseada num miniautocarro, a clínica móvel da Toyota mede 7,16 m de comprimento, 2,1 m de largura e 2,79 m de altura. Já o peso fica-se pelos 5670 kg.

Equipada com 3 tanques de hidrogénio, esta clínica móvel consegue uma autonomia de 210 km. Já no campo das prestações, o motor elétrico com 182 cv (134 kW) e 300 Nm permite-lhe alcançar uma velocidade máxima de cerca de 100 km/h.

Sabe responder a esta?
Em que ano foi lançada a segunda geração do Toyota Paseo?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Ainda te lembras dos pequenos coupé dos anos 90?

Mais artigos em Notícias