Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Apresentação

Novo Honda Civic já foi mostrado para os EUA. Que novidades traz?

A 11ª geração do Honda Civic foi oficialmente revelada nos EUA, em formato sedã. Teremos de aguardar mais um pouco para conhecer a versão europeia de cinco portas.

Já o tínhamos visto no registo de patentes e como um “prototype”, mas agora a Honda revelou tudo sobre a 11ª geração de um dos seus mais populares modelos, o Civic.

Por agora, foi apenas revelada a versão norte-americana que adota a carroçaria sedã, de quatro portas. Teremos de aguardar mais um pouco para conhecer a versão de cinco portas, a mais relevante para o mercado europeu.

Como já comentámos no passado, a palavra de ordem para o design do novo Honda Civic parece ter sido simplificar. De fora ficou o estilo agressivo e carregado, tendo agora um estilo mais sóbrio, marcado por linhas mais horizontais e maior depuração formal.

VEJAM TAMBÉM: Honda. O adeus aos motores de combustão acontece em 2040
Honda Civic 2022 EUA

Mesmo partindo da plataforma da 10ª geração, o novo Civic mostra proporções revistas, graças ao reposicionamento do pilar A que foi recuado em cerca de 5 cm. A plataforma pode ter sido herdada da atual geração, mas não significa que não tenha também evoluído.

A distância entre eixos cresceu à volta de 35 mm, a via traseira praticamente 13 mm — a Honda promete cotas internas superiores às do atual —, e a marca diz que o novo Civic é o estruturalmente mais rígido de todos os Civic. O uso de aços de alta resistência e alumínio em locais estratégicos permitiu aumentar a resistência à torção em 8% e à flexão em 13%.

Honda Civic 2022 EUA

O chassis mantém o esquema MacPherson à frente e multilink atrás, ainda que a suspensão tenha sido revista, sobretudo ao nível dos sinoblocos, de modo a reduzir os índices de aspereza e vibrações, e também incrementar a estabilidade em reta. A Honda diz que conduzir o novo Civic deverá ser uma experiência melhor que o atual — não havia razões de queixa… continua a ser um dos melhores do segmento —, graças a uma direção revista e uma nova subestrutura dianteira em alumínio mais rígida.

VEJAM TAMBÉM: Novo Honda Civic Type R continuará a ser puramente a combustão

Revolução interior

Se o exterior já era conhecido, o interior, por outro lado, ainda só o tínhamos visto como um esboço. E é aqui que residem as maiores diferenças para o modelo atual — uma quase revolução —, com a simplificação que vimos do exterior a refletir-se no interior.

Honda Civic 2022 EUA

O design do tabliê é substancialmente mais simples, marcado por linhas horizontais, apenas perturbadas pelo painel de instrumentos totalmente digital (10,2″) e pelo destacado ecrã central do sistema de infoentretenimento, com 7″ de série (9″ em opção), com Apple CarPlay e Android Auto sem fios de série — relembramos que estas especificações são para o mercado norte-americano, podendo haver diferenças para o Civic “europeu”.

Apesar da presença dominante dos ecrãs, tal como vimos nos lançamentos mais recentes da marca, como o Jazz ou o elétrico E, o novo Honda Civic mantém alguns comandos físicos para algumas funções como a climatização — foram muitas as queixas de clientes que fez a marca dar, e bem, um passo atrás na digitalização dos seus interiores.

A Honda procurou dar ao interior ainda uma perceção mais… “premium”, fosse em aparência ou na escolha mais criteriosa de materiais, sobretudo aqueles que mais tocados são — de notar que neste Civic americano não há superfícies em “piano black” (preto brilhante) na consola central, para evitar que fique cheia de inestéticas e gordurosas “dedadas”.

O cuidado na apresentação é dado por algumas soluções visuais, como a encontrada para as saídas de ventilação. Estas encontram-se “escondidas” sob uma grelha com um padrão hexagonal (favo de colmeia) que se estende por quase todo o tabliê, sendo um dos elementos visuais que mais marca o interior do novo Honda Civic.

Honda Civic 2022 EUA

As mesmas motorizações

Para o mercado norte-americano, o novo Honda Civic não traz novidades mecânicas, herdado as motorizações da 10ª geração. Estas contemplam um quatro cilindros em linha atmosférico, com 2,0 l de capacidade com 160 cv como motorização de acesso, e um quatro cilindros em linha turbo, com 1,5 l, com 182 cv (mais 6 cv do que antes).

A única transmissão disponível no mercado norte-americano é uma… CVT (transmissão de variação contínua), ainda que a marca anuncie melhorias no seu funcionamento e também uma melhor simulação de uma transmissão “convencional”, com várias relações.

VEJAM TAMBÉM: Civic Atomic Cup. O regresso dos Honda Civic Type R às pistas nacionais

Quando chega?

A versão norte-americana da 11ª geração do Honda Civic será lançada durante o próximo verão. Para a Europa, ainda não foi divulgada uma data de lançamento, mas poderá tardar até 2022 para vermos o novo Civic na rua.

Mais artigos em Notícias