Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Design

Como seria um Mitsubishi Lancer Evolution dos tempos modernos? Talvez assim

O designer Rain Prisk deitou mãos ao trabalho e ressuscitou o Mitsubishi Lancer Evolution, numa renderização capaz de deixar qualquer petrolhead a sonhar…

Os rumores de que a Mitsubishi pode recuperar o icónico Lancer Evolution não são novos, mas há medida que os anos passam, são cada vez menos prováveis de vir a acontecer.

A fabricante nipónica está focada nas regiões onde é mais rentável, o Sudeste Asiático e a Oceânia, e na produção de SUVs e crossovers, como o bestseller Outlander ou o Eclipse Cross.

A somar a tudo isto a marca do país do sol nascente anunciou recentemente o lançamento de novos modelos na Europa a partir de 2023, produzidos nas fábricas do Grupo Renault. Esta aposta é fundamental para o reforço da gama da Mitsubishi no “velho continente”, mas não há qualquer indício que sugira que um desportivo — como o mítico Lancer Evo — esteja nos planos.

A NÃO PERDER: Este Mitsubishi Lancer Evolution IX é capaz de debitar 1700 cv. Está tudo louco!?
mitsubishi lancer gsr evolution vi tommi makinen edition
É lindo. Desculpem, é lindo.

Apesar de tudo isto, há quem continue a suspirar pelo regresso de um dos modelos mais marcantes da história da marca dos três diamantes. E ainda recentemente o vimos dar cartas num tête-à-tête contra uma das “máquinas” do momento, o Toyota GR Yaris, o que só serviu para alimentar mais este desejo.

Cansado de esperar pela marca japonesa, o designer Rain Prisk deitou mãos ao trabalho e ressuscitou o “Evo”, numa renderização capaz de deixar qualquer petrolhead de “água na boca”.

Mitsubishi Outlander
Mitsubishi Outlander

Para garantir alguma credibilidade ao projeto — a possível, pelo menos…, Prisk fez questão de trabalhar sobre a mais recente linguagem visual da Mitsubishi e isso fica visível na dianteira deste Lancer Evolution do futuro, que adotou os contornos cromados e os faróis rasgados que encontramos no novo Outlander.

VEJAM TAMBÉM: Tommi Mäkinen não tem um… Mitsubishi Evo VI Tommi Mäkinen Edition

De perfil, saltam à vista as cavas das rodas musculadas, a linha de ombros elevada e claro, a enorme asa traseira, elementos que ajudam a reforçar o caráter e a presença deste modelo, ainda que num plano puramente virtual.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Rain Prisk (@rainprisk)

Mas nenhum exercício de especulação ficaria completo sem se falar de motores. Rain Prisk mostrou-nos a sua visão para um novo Evolution, mas não especulou sobre que “arsenal” mecânico esconderia por baixo da esguia e estilizada carroçaria da sua proposta.

Tomemos nós a liberdade de o fazer. Nada menos do que 400 cv nos dias que correm seria aceitável, obtidos por um motor de combustão sobrealimentado — turbina em titânio, claro… Não seria necessário mudar muito a receita dos Mitsubishi Lancer Evolution do passado, mantendo um quatro cilindros em linha como sempre foi.

Mitsubishi Lancer Evolution Final Edition
O último: Mitsubishi Lancer Evolution X Final Edition, 2015 (só 1600 produzidos).

Eletrões? Só para potenciar a performance. Um sistema mild-hybrid 48 V poderia ser o suficiente para “alimentar” um compressor ou turbo de acionamento elétrico para uma resposta mais imediata… mais eletrizante.

Transmissão? Às quatro rodas via uma caixa manual de seis velocidades para garantir o máximo de interação. E com os avanços efetuados em diferenciais de controlo eletrónico e vetorização de binário, desde que o Evo X saiu de cena, certamente seria detentor de uma eficácia assombrosa e de uma experiência de condução enebriante.

Sonhar não custa…

Sabe responder a esta?
Em que ano foi lançado o Mitsubishi i-MIEV?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

11 anos depois Mitsubishi desliga a ficha ao i-MIEV

Mais artigos em Notícias