Petição

Milhares de fãs querem dar nome de Sabine Schmitz a uma curva do Nürburgring

Praticamente 32 000 fãs já assinaram a petição que pede que o nome da piloto seja dado a uma curva do circuito. Sabine Schmitz faleceu esta semana aos 51 anos.

O mundo automóvel perdeu esta semana um dos seus ícones, quando Sabine Schmitz, conhecida como a “rainha do Nürburgring”, sucumbiu à batalha contra o cancro, aos 51 anos. Agora, e em jeito de homenagem à primeira mulher a conquistar as 24 Horas de Nürburgring (primeira vez foi em 1996), há uma petição a circular para que o seu nome seja dado a uma curva do circuito que a imortalizou.

À data da publicação deste artigo, praticamente 32 000 fãs já assinaram o documento, o que levou os criadores da iniciativa a publicar uma mensagem de agradecimento nas redes sociais e a dizer que o movimento já chegou ao “radar do Nürburgring HQ”.

“A personalidade, o trabalho árduo e o talento da Sabine merecem fazer parte da história do Nürburgring nos próximos anos. Ela era piloto, não uma fundadora ou uma arquiteta. Uma curva com o seu nome seria a derradeira honra; não apenas uma placa na esquina de um edifício”, pode ler-se na mesma publicação.

A NÃO PERDER: O momento em que todos ficámos a conhecer Sabine Schmitz

Ainda não se sabe se esta será a forma escolhida pelos responsáveis do traçado alemão para homenagear Sabine Schmitz, mas uma coisa é certa: poucas pessoas tiveram tanto impacto no “inferno verde”— como é conhecido — quanto ela.

Sabine_Schmitz
Sabine Schmitz, a rainha do Nürburgring.

Mais de 20 mil voltas ao The Ring

Sabine Schmitz cresceu perto do circuito que a tornou conhecida em todo o mundo, o Nürburgring, e começou a ser notada por conduzir um dos BMW M5 “Ring Taxi”.

Estima-se que tenha dado mais de 20 mil voltas ao histórico circuito alemão, não sendo, por isso, de estranhar que o conhecesse como as “palmas das suas mãos” e soubesse o nome de todas as curvas.

Mas foi na televisão, pela “mão” do programa Top Gear, que Sabine deu verdadeiramente o salto para o estrelato: primeiro, a “treinar” Jeremy Clarkson para que este conseguisse percorrer os 20 km do circuito alemão em menos de 10 minutos aos comandos de um Jaguar S-Type Diesel; depois, com o mesmo tempo em mente, aos comandos de uma Ford Transit, numa demonstração épica de condução.

Sabe responder a esta?
Qual a potência do Brabus 190E 3.6S Lightweight?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Brabus 190E 3.6S Lightweight. É exatamente aquilo que parece…

Mais artigos em Notícias