Vídeo

Novo Porsche 911 GT3 quase que se deixa ver. O que vem aí?

Ainda não é desta que conheceremos todas as especificações do novo Porsche 911 GT3 (992), mas há quem já tenha tido a oportunidade de o quase ver e… ouvir.

Não vejam, mas ouçam os primeiros segundos do vídeo em destaque e do vídeo abaixo com o novo (e ainda camuflado) Porsche 911 GT3 (992) e ficam a saber tudo o que precisam: aquele tipo de ruído música só pode ser de um motor atmosférico.

Nada temos contra os turbos e, definitivamente, nada temos contra os 911 Turbo — pela primeira vez na Razão Automóvel demos a nota máxima a um modelo testado e foi ao novo 911 Turbo S —, mas é bom saber que ainda há espaço para máquinas como o novo 911 GT3: mais puras, acutilantes… e excitantes.

Não se trata ainda de uma revelação final oficial e, por isso, não existem especificações, mas a Porsche, através de Andreas Preuninger, o diretor de desenvolvimentos dos modelos GT, deu acesso antecipado a alguns meios, deixando soltar preciosos pedaços de informação sobre o novo 911 GT3.

VÊ TAMBÉM: Queres um Porsche 911 elétrico? Vais ter que esperar e muito, e até pode não acontecer

O que ficámos a saber?

O seis cilindros boxer continuará a ser atmosférico, como já vimos, e apesar de vir com filtro de partículas, soa divinalmente, como já ouvimos. Não sabemos mais nada sobre ele, mas duvidamos que tenha menos que os 500 cv que o seu antecessor tinha. Acoplado a ele está ou uma caixa manual ou uma caixa de dupla embraiagem (PDK) e a tração continua a ser apenas traseira.

De notar que, no caso da versão PDK, temos um manípulo de dimensões idênticas ao da caixa manual e não o mini-manípulo que encontramos nos 911 “normais”. Desta forma, o manípulo pode ser usado para passar de relação de modo sequencial (não o podemos fazer no mini-manípulo), sem recorrer às patilhas por detrás do volante. Há quem o prefira, como o próprio Preuninger, quando conduz o 911 GT3 na estrada, reservando as patilhas apenas para os circuitos — tudo para elevar os níveis de interação com a máquina.

É o primeiro GT a sair da geração 992 e por isso o novo 911 GT3 é mais comprido e largo que o antecessor. Porém, o aumento de dimensões não significou um aumento de massa, tendo sido avançado que esta é de 1430 kg (com todos os fluídos incluídos, pronto a conduzir), ao nível do antecessor. Para o conseguir, o novo 911 GT3 conta com um capô dianteiro em fibra de carbono, um sistema de escape aligeirado, vidro mais fino para o óculo traseiro e menos material insonorizante — entre outras medidas que conheceremos brevemente…

Porsche 911 GT3 2021 teaser
Chris Harris quase que conseguiu convencer Andreas Preuninger a destapar por completo o novo 911 GT3

O aumento de dimensões permitiu também aumentar a área de borracha em contacto com o solo: à frente temos pneus 255 e jantes de 20″, enquanto atrás estes são agora 315 com a jante a crescer das 20″ para as 21″ (a mesma dimensão do 911 GT3 RS geração 991).

Estreia absoluta no novo Porsche 911 GT3 é o esquema de suspensão de triângulos sobrepostos na dianteira (ao invés do habitual esquema MacPherson), uma solução até agora só vista em alguns 911 de competição como o “monstro” 911 RSR. Também o sistema de travagem foi majorado, com os discos dianteiros em aço a crescerem em diâmetro dos 380 mm para 408 mm.

TENS DE VER: Glórias do Passado. Porsche 911 GT3, o alvo a abater

“Pescoço-de-cisne”

E sendo o 911 GT3 o 911 GT3, a aerodinâmica tem de fazer parte da discussão. O destaque vai todo para a nova asa traseira, cujo aspeto tem gerado bastante controvérsia em inúmeros comentários na internet.

Porsche 911 GT3 2021 teaser
Asa “pescoço-de-cisne” mais ao pormenor.

Distingue-se de todas as outras que já agraciaram a traseira do 911 ao longo das décadas, por “agarrar” a asa por cima, dando origem a uns suportes chamados de “pescoço-de-cisne” (swan-neck). Goste-se ou não, a Porsche não optaria por esta solução caso não trouxesse benefícios e esses já foram comprovados onde mais interessa, nos circuitos — é a mesma solução dos 911 RSR.

Como dá para ver, a superfície inferior da asa fica “limpa” sem interrupções de qualquer espécie. A vantagem? Consegue gerar mais downforce (sustentação positiva) com menos ângulo de asa, logo gera também menos resistência aerodinâmica — o melhor de dois mundos, portanto…

Porsche 911 GT3 2021 teaser
O aspeto da asa tem gerado controvérsia, mas a sua eficácia é inegável.

Quando o veremos sem camuflagem?

Apesar das melhores tentativas de Chris Harris (no vídeo da Top Gear) para destapar a nova coqueluche da Porsche, ainda poderá demorar mais um pouco até à revelação final. Mas tendo em conta a publicação destes dois vídeos — no topo, em destaque, o da Carfection —, deverá estar para breve.

Mais artigos em Notícias