Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Ainda o mais rápido

Koenigsegg lembra-nos que o Agera RS ainda é o carro mais rápido do mundo

Não sem detetarmos uma ligeira ponta de sarcasmo, a Koenigsegg relembrou-nos que o seu Agera RS ainda é o carro mais rápido do mundo.

Se não tens estado distraído, já deste conta da controvérsia sobre o título de carro mais rápido do mundo. Não há muitas semanas o SSC Tuatara reclamou esse título, com uma velocidade (média) vertiginosa de 517,16 km/h, pulverizando os 446,97 km/h do Koenigsegg Agera RS conseguidos em 2017.

Poucos dias depois a polémica estalou quando o conhecido youtuber Shmee150 colocou em causa esse mesmo recorde após uma análise cuidada do vídeo oficial da corrida publicado — dúvidas já tinham sido levantadas antes num tópico de discussão do Reddit e também pelos membros do Koenigsegg Registry.

Várias análises em vídeo depois, assim como tantos outros comunicados oficiais por parte da SSC North America e da Dewetron (a fornecedora dos instrumentos de medição via GPS), Jared Shelby, o fundador e diretor executivo da SSC, publicou um vídeo onde iriam voltar a fazer a corrida, para provarem, para lá de qualquer dúvida, que o Tuatara tem tudo o que é preciso para ser o carro mais rápido do mundo.

VÊ TAMBÉM: Os 5 recordes do Koenigsegg Agera RS. O carro mais rápido do mundo

Bem, a questão é que, para todos os efeitos, o SSC Tuatara já não é o carro mais rápido do mundo. A Koenigsegg, sempre oportuna, decidiu relembrar, na sua página de Facebook, que o Agera RS ainda o é, marcando o terceiro aniversário do histórico momento.

Um aniversário que nem sequer tinha razão para ser celebrado, caso o recorde do SSC Tuatara tivesse sido válido. A publicação da Koenigsegg ganha assim uma relevância acrescida, pois mostra-nos que o construtor sueco não reconhece o suposto recorde do SSC Tuatara. A Koenigsegg, curiosamente, nunca chegou a felicitar a SSC North America pela obtenção do recorde.

Guerra ao rubro

A guerra pelo título de carro mais rápido do mundo parece estar ao rubro, após toda a controvérsia à volta da corrida do SSC Tuatara, havendo mais dois pretendentes ao trono.

A Koenigsegg é um deles, tendo já dado a conhecer o Jesko Absolut, uma versão especial do seu mais recente hipercarro, a prometer também mais de 500 km/h. O outro pretendente é o Hennessey Venom F5, também norte-americano de origem como o SSC Tuatara, que não passou totalmente ao lado da controvérsia sobre o compatriota, tendo recorrido igualmente às redes sociais para o demonstrar:

Mais artigos em Notícias