Antevisão

Nissan Micra. Próxima geração desenvolvida e produzida pela Renault

No futuro, o Nissan Micra estará, ainda mais, ligado à Renault. Desde o desenvolvimento até à produção, vai tudo estar a cargo dos franceses.

Depois de nos últimos meses ter visto o seu futuro na Europa largamente discutido, agora a Nissan levantou o véu sobre o futuro de um dos seus modelos mais antigos no mercado do “Velho Continente”: o Nissan Micra.

Numa entrevista dada ao jornal francês Le Monde, Ashwani Gupta — director de Operações e atual nº2 da marca nipónica — não só confirmou que deverá existir uma sexta geração do Micra como revelou que o desenvolvimento e a produção desta estarão a cargo da Renault.

Esta decisão insere-se no esquema leader-follower através do qual a Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi pretende passar a operar por forma a maximizar a competitividade e rentabilidade das três empresas, melhorando a eficiência através da partilha de produção e desenvolvimento.

VÊ TAMBÉM: Nissan Next. Este é o plano para salvar a Nissan
Nissan Micra
Originalmente lançado em 1982, o Nissan Micra conta já com cinco gerações.

Como é atualmente?

Se bem te recordas, a atual geração do Nissan Micra já recorre à plataforma usada pelo Renault Clio e até é produzido numa fábrica da Renault, em Flins, na França.

Ora, ao que parece, na próxima geração dos dois modelos a proximidade entre ambos será ainda maior, com todas as decisões a caberem à marca francesa (desde o local de produção à estratégia industrial).

Ainda acerca do futuro Nissan Micra, Ashwani Gupta afirmou que não deverá chegar antes de 2023. Até lá, o atual Micra manter-se-á em comercialização, estando atualmente disponível no nosso mercado com uma motorização a gasolina, o 1.0 IG-T de 100 cv, à qual pode ser associada uma transmissão manual de cinco relações ou uma caixa CVT.

Sabes responder a esta?
Qual era a cilindrada do Nissan Sunny GTi-R?

Mais artigos em Notícias