Apresentação

Revisto e eletrificado, o Volkswagen Tiguan recebeu uma versão… R!

O Volkswagen Tiguan renovou-se e, além do visual revisto, recebeu duas variantes inéditas: uma versão híbrida plug-in e a versão desportiva R.

Lançada em 2016, a segunda geração do Volkswagen Tiguan foi agora alvo de um restyling para assegurar que continua a ser o que tem sido: um sucesso de vendas e o SUV preferido dos europeus.

Em termos estéticos, como é habitual na Volkswagen, pouca coisa mudou. Ainda assim, na dianteira temos uma nova grelha, novos faróis LED (inspirados nos do Golf) e ainda um novo para-choques.

Já na traseira as novidades resumem-se ao novo para-choques, aos novos faróis em LED e ainda ao reposicionamento do lettering “Tiguan” no centro do portão da bagageira.

VÊ TAMBÉM: O renovado SEAT Ateca separa-se do 1.6 TDI. Que mais novidades traz?
Volkswagen Tiguan 2021

E no interior, o que mudou?

Se no exterior as mudanças foram discretas, no interior o panorama é o mesmo.

Assim sendo, temos um novo volante (semelhante ao do Golf), um novo sistema de infotainment com um ecrã de 10”, comandos por voz e Apple CarPlay sem fios.

Ainda no interior podemos contar com um painel de instrumentos digital de 8” ou 10,25” e, nas versões de topo, com comandos de climatização sensíveis ao toque (adeus botões).

De resto, no que à estética interior do Volkswagen Tiguan diz respeito, manteve-se tudo na mesma.

VÊ TAMBÉM: Volkswagen. O mercado europeu pode levar dois anos a recuperar

O Tiguan R…

Como já deves ter percebido, as principais novidades do renovado Volkswagen Tiguan não estão à vista mas sim debaixo do capot.

VÊ TAMBÉM: Conduzimos o Volkswagen ID.3. Mais barato em Portugal do que na Alemanha

Relativamente ao inédito Tiguan R, além de um visual mais desportivo, este apresenta-se com uma versão atualizada do EA888, um 2.0 l turbo de quatro cilindros que debita 320 cv.

Associado a uma caixa DSG de sete velocidades, este envia a potência às quatro rodas através do sistema 4Motion com controlo seletivo de binário.

VÊ TAMBÉM: Fica a saber tudo o que a Ford e Volkswagen vão fazer juntas

Para já, ainda não são conhecidos mais dados referentes ao Tiguan R nem às suas prestações. Ainda assim, sabe-se que o mais recente membro da família R vai contar com o sistema Dynamic Chassis Control.

… e o Tiguan eHybrid

A outra grande novidade desta renovação do Volkswagen Tiguan dá pelo nome de Tiguan eHybrid e marca a estreia do bem sucedido SUV germânico no “mundo” dos híbridos plug-in.

VÊ TAMBÉM: 95. Este é o número mais temido da indústria automóvel. Sabes porquê?

Com uma mecânica idêntica à usada pelas versões híbridas plug-in do Passat, Golf e Arteon, este “casa” um motor a gasolina com 1.4 l a um motor elétrico.

O resultado final são 245 cv de potência, a possibilidade de circular em modo 100% elétrico até aos 130 km/h e uma autonomia neste modo na casa dos 50 km (ciclo WLTP).

Quando chega?

Para já tanto os preços do renovado Volkswagen Tiguan como a sua data de chegada ao mercado continuam a ser uma incógnita.

Já no que diz respeito às restantes motorizações com que o Tiguan vai estar disponível, a Volkswagen ainda não divulgou mais informações, mas é de esperar que não haja grandes alterações.

Sabes responder a esta?
Em que ano foi lançado o Volkswagen Corrado?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Coupés dos anos 90 (parte 1). Lembras-te de todos eles?

Mais artigos em Notícias