Apresentação

el-Born. Este é o primeiro modelo 100% elétrico da CUPRA

Ao contrário do esperado, o primeiro modelo elétrico da CUPRA não será o Tavascan, mas sim o CUPRA el-Born. A chegada está prevista para 2021.

Quando todos esperavam que o primeiro modelo 100% elétrico da CUPRA fosse a versão de produção do Tavascan, a mais jovem marca do Grupo Volkswagen decidiu surpreender e revelou hoje o CUPRA el-Born.

“Primo” do Volkswagen ID.3, o CUPRA el-Born deve o seu nome ao protótipo homónimo revelado com o símbolo da SEAT no Salão de Genebra do ano passado e recorre, como é óbvio, à plataforma MEB.

Apesar de as proporções serem idênticas às do ID.3, o CUPRA el-Born, mesmo assim, apresenta uma identidade própria. Tal foi conseguido com a adoção de novas jantes, saias laterais maiores, de inúmeros detalhes em cor cobre e, claro está, de uma frente própria, totalmente redesenhada e bem mais agressiva.

VÊ TAMBÉM: CUPRA Ateca. «Hot SUV» espanhol foi renovado e está mais rápido
CUPRA el-Born

Já no interior, a proximidade ao ID.3 é ainda mais evidente. Ainda assim, temos um novo volante (com botões para a selecção do Perfil de Condução e do modo CUPRA), uma consola central mais alta, bancos desportivos e, como seria de esperar, materiais diferentes. Por fim, há ainda a destacar a adoção de um Head-up Display com realidade aumentada.

O CUPRA el-Born exibe todos os genes da marca CUPRA e elevámos o conceito original para o próximo nível criando um novo design desportivo e dinâmico e reformulando a engenharia do conteúdo tecnológico.

Wayne Griffiths, CEO da CUPRA

Dinâmica em alta

Para assegurar que o CUPRA el-Born faz jus aos pergaminhos dinâmicos da marca, este foi equipado com o sistema de Controlo Adaptativo do Chassis Sport (DCC Sport) que foi desenvolvido exclusivamente dentro da plataforma MEB para o novo modelo da CUPRA.

Para já, o valor de potência e binário do CUPRA el-Born continuam a ser desconhecidos, bem como o tempo que este demora a cumprir os 0 aos 100 km/h e a sua velocidade máxima. O único dado relativo à sua performance que foi revelado, refere-se aos 2,9s que é capaz de fazer dos 0 aos… 50 km/h.

VÊ TAMBÉM: CUPRA Ateca ou Volkswagen Golf R, qual será o mais rápido?

Autonomia não será problema

Se no campo da performance a CUPRA optou pelo secretismo, o mesmo não aconteceu no que diz respeito à capacidade das baterias e à autonomia do novo CUPRA el-Born.

Assim sendo, as baterias que encontramos no novo el-Born contam com 77 kWh de capacidade utilizável (o total chega aos 82 kWh) e oferecem ao potencial hot hatch elétrico uma autonomia de até 500 km. Já graças ao carregamento rápido, o CUPRA el-Born é capaz de repor 260 km de autonomia em apenas 30 minutos.

Com chegada prevista para 2021, o novo CUPRA el-Born será produzido em Zwickau ao lado do “primo”, o Volkswagen ID.3.

Agora resta apenas saber se a SEAT virá a ter algum modelo baseado no protótipo el-Born ou se este será mais um modelo exclusivo da CUPRA como acontece com o Formentor.

Sabes responder a esta?
Qual foi o primeiro modelo da SEAT?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

SEAT 1400. Este foi o primeiro automóvel da marca espanhola

Mais artigos em Notícias