Superdesportivos

Já sabemos como se chama o novo superdesportivo híbrido da Maserati

MC20 é o nome do novo superdesportivo híbrido de motor central traseiro da Maserati e será com ele que a marca do tridente regressará aos circuitos.

Uma “evolução natural” do MC12, é como a Maserati define o seu novo superdesportivo, a ser conhecido no próximo mês de maio. O seu nome? Maserati MC20.

MC refere-se a Maserati Corse e 20 ao corrente ano (2020), que é o ano de lançamento da ambiciosa máquina. A ligação ao MC12 é incontornável, e não é só pela denominação.

Quando foi revelado em 2004 o Maserati MC12 marcou o regresso da marca italiana à competição, pondo fim a uma ausência que se prolongava há 37 anos, e fê-lo com bastante sucesso. A sua carreira no campeonato FIA GT entre 2004 e 2010 foi coroada com 22 vitórias — três das quais nas 24 Horas de Spa — e com a conquista de 14 campeonatos (se somarmos os campeonatos de construtores, pilotos e equipas).

VÊ TAMBÉM: O Alfa Romeo 8C morreu, mas ressuscitará como um Maserati
Maserati MC20 logo
O logótipo está finalizado… só falta mesmo conhecer o carro

Caberá ao novo Maserati MC20 um papel similar ao do MC12: o regresso à competição. Anunciado como o “primeiro carro de uma nova era” (para a marca), o MC20 gera assim, logo à partida, expetativas bastante elevadas — será que haverá uma versão de competição para a nova categoria Le Mans Hypercar do FIA WEC?

O que esperar do novo MC20?

O novo superdesportivo híbrido será produzido em Modena, na fábrica de Viale Ciro Menotti, que se encontra em processo de modernização e de adaptação para também poder produzir modelos eletrificados ou 100% elétricos (futuro GranTurismo e GranCabrio). A fábrica de Viale Ciro Menotti foi o local de produção dos GranTurismo e GranCabrio, assim como do Alfa Romeo 4C.

Maserati MMXX M240 mula
A mula de testes do projeto M240 já circula

O 4C é aqui o elemento chave, pois o MC20 herdará dele a sua construção composta por uma célula central em fibra de carbono, complementada tanto à frente como atrás com sub-estruturas em alumínio (sobretudo extrusões).

Como referimos em ocasião anterior, o novo MC20 é, na sua essência, o mesmo carro que foi anunciado em 2018 como Alfa Romeo 8C. Ou seja, um superdesportivo de motor central traseiro, que iria recorrer ao mesmo 2.9 V6 bi-turbo do Giulia e Stelvio Quadrifoglio, complementado com uma máquina elétrica instalada no eixo dianteiro, garantindo não só tração às quatro rodas, como também autonomia elétrica.

Ao que tudo indica o novo Maserati MC20 manterá a mesma receita do extinto 8C, com os rumores a apontarem para mais de 700 cv de potência, colocando-o firmemente na mesma liga de máquinas como o McLaren 720S ou o “vizinho” Ferrari F8 Tributo — venha ele…

Mais artigos em Notícias