Fim de produção

Fim da linha. A Mercedes-Benz vai deixar de produzir a Classe X

Cerca de três anos depois de ter sido lançada, a Mercedes-Benz Classe X prepara-se para deixar de ser produzida. O fim da produção está marcado para maio.

Há muito que se discutia a possibilidade de a Mercedes-Benz Classe X vir a desaparecer da oferta da marca alemã e, pelos vistos, os rumores que davam conta dessa possibilidade tinham fundamento.

Segundo os alemães da Auto Motor und Sport, a partir de maio a Mercedes-Benz vai deixar de produzir a Classe Xcolocando um ponto final numa carreira comercial que durou cerca de três anos.

A decisão de deixar de produzir a Mercedes-Benz Classe X surgiu, segundo a Auto Motor und Sport, depois de a marca de Estugarda ter feito uma reavaliação do seu portefólio de modelos e ter verificado que a Classe X é “um modelo de nicho” que tem bastante sucesso apenas em mercados como “a Austrália e a África do Sul”.

NÃO PERCAS: Classe X: a primeira pick-up da Mercedes-Benz? Nem por isso.
Mercedes-Benz Classe X

Já em 2019, a Mercedes-Benz tinha recuado nas intenções de produzir a Classe X na Argentina. Na altura, a justificação dada foi o facto de o preço da Classe X não ir ao encontro das expectativas dos mercados sul-americanos.

Uma tarefa difícil

Baseada na Nissan Navara, a Mercedes-Benz Classe X não tem tido vida fácil no mercado. Com um posicionamento premium, a Mercedes-Benz Classe X foi-se revelando demasiado cara para uma clientela que procura um veículo comercial acessível e prático.

Aliás, as vendas vieram comprová-lo. Para tal basta ver que enquanto em 2019 a “prima” Nissan Navara vendeu 66 mil unidades a nível global, a Mercedes-Benz Classe X ficou-se pelas 15 300 unidades comercializadas.

VÊ TAMBÉM: Este é o novo Mercedes-Benz GLA. O oitavo elemento
Mercedes-Benz Classe X

Face a estes números, a Mercedes-Benz decidiu que era altura de reformar mais um produto feito em conjunto com a Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi.

Caso não te recordes, o primeiro “divórcio” entre a Daimler e Aliança Renault-Nissan-Mitusbishi ocorreu quando a marca alemã confirmou que a próxima geração de modelos Smart ia ser desenvolvida e produzida em conjunto com a Geely.

Sabes responder a esta?
Em que ano foi apresentado o Mercedes-Benz 190?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Mercedes-Benz 190 (W201), antecessor do Classe C, celebra 35 anos

Mais artigos em Notícias