Clássicos

Raro Opel Corsa GT de ’87 descoberto no Porto

Poucos foram os exemplares do Opel Corsa GT de primeira geração que sobreviveram aos jovens da década de 80. A Opel Classic descobriu um no Porto.

Não foi fácil mas aconteceu. A Opel Classic — departamento de clássicos da marca alemã agora integrada no grupo PSA — conseguiu encontrar um dos escassos Opel Corsa GT da primeira geração em bom estado de conservação. Onde? Em Portugal.

O fabricante alemão veio procurar ao nosso país — um dos mercados onde o modelo teve maior sucesso — e a procura deu frutos.

Esquecido numa garagem na cidade do Porto durante décadas, a Opel Classic encontrou um exemplar do Opel Corsa GT (Corsa A).

A entrega das chaves, mais de duas décadas depois.

Uma reforma antecipada para o pequeno desportivo alemão, longe das garras e da «sede por velocidade» dos jovens, que nas décadas de 80 e 90 faziam de pequenos desportivos como o Corsa GT a sua porta de entrada no «mundo da performance».

A história deste (agora raro) Opel Corsa GT

O exemplar encontrado na cidade “Invicta” havia sido originalmente registado em Espanha e estava quase esquecido numa garagem na baixa do Porto. Foi daí que os elementos do Opel Classic saíram em direção a Frankfurt, com o pequeno Corsa GT a rodar pela estrada… pelo seu próprio “pé”.

A gama Corsa disponibilizou a versão GT entre abril de 1985 e o outono de 1987.

Com motor de carburador, 1,3 l de cilindrada, 70 cv e caixa manual de cinco velocidades, o Corsa GT foi o sucessor do Corsa SR. A potência acrescida, os ‘spoilers’ discretos, as jantes de liga leve e os bancos desportivos tornaram este modelo irresistível aos olhos de quem procurava um pequeno utilitário desportivo.

O Corsa GT foi, de facto, o ‘desportivo’ de eleição de muitos jovens, até à chegada da versão mais potente GSi, em 1988.

Opel Corsa GSI 88′. A evolução natural do Corsa GT.

Viagem até Frankfurt sem sobressaltos

Segundo a Opel Classic, o pequeno Opel Corsa GT “sentiu-se muito à vontade no trânsito, sem manifestar esforço e surpreendendo até pela suavidade”, durante a viagem que ligou a cidade do Porto à cidade de Frankfurt, num total de 2700 km.

O consumo de gasolina foi ao encontro do que era anunciado à época, raramente ultrapassando os seis litros a cada 100 quilómetros. O peso do Corsa GT, de apenas 750 kg, era na época um aliado precioso, permitindo uma relação peso/potência de apenas 10,7 kg/cv.

Números que à luz dos tempos modernos podem saber a pouco, mas que na altura fizeram as delícias de muitos jovens europeus.

Na viagem entre Portugal e a Alemanha o Corsa GT amarelo faz uma paragem em Saragoça, Espanha, na fábrica onde foi construído em 1987, recebendo olhares de admiração de muitos empregados.

Na chegada à sede da Opel, o ânimo da equipa Opel Classic foi grande. Para trás ficaram 2700 km que não assustaram os seus 32 anos. Segundo a Opel Classic, toda esta viagem foi cumprida sem qualquer necessidade de reparação.

Opel Corsa GT. De reformado no Porto a estrela em Frankfurt

Antes de se iniciarem os trabalhos de restauro com vista a assegurar a presença no próximo Salão de Frankfurt — onde a Razão Automóvel vai marcar presença — o Corsa GT fez uma passagem pela TÜV para a inspeção obrigatória e atribuição de registo alemão.

Uma vez na oficina do Opel Classic, foi examinado minuciosamente. Uns olhares atentos descobrem algumas imperfeições, como marcas no tejadilho, logótipos que não são originais, vidros riscados e estofos demasiado coçados.

Vê a galeria de imagens do restauro:

Foi aí que os técnicos da Opel Classic tomaram a decisão de desmontar o carro todo para garantir a recuperação em pleno, trazendo o Corsa GT de novo à luz do dia, sem mácula.

Já com a nova pintura, a carroçaria recebeu os logótipos GT corretos — os autocolantes com que foi encontrado não eram os corretos. Depois vieram as jantes originais e vidros e janelas novas, sem as marcas do tempo.

O Corsa GT adquirido em Portugal está agora pronto para a sua segunda vida, que arrancará em grande estilo no Salão de Frankfurt 2019, no dia 12 de setembro, onde fará companhia ao novo Opel Corsa (geração F).

Achas que fica bem ao lado do novo?

Sabes responder a esta?
Qual o valor mais baixo de Cx (coeficiente de aerodinâmica) do renovado Opel Astra?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Sabes o que o Astra e o Calibra têm em comum?

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos