Carro do ano

Peugeot 405. Vencedor do Carro do Ano 1989 em Portugal

Em 1989 o automóvel que reuniu a maioria de votos dos jurados do Troféu Carro do Ano em Portugal foi o Peugeot 405, um modelo que ao longo da sua carreira vendeu mais de 2,5 milhões de unidades. Vamos recordá-lo?

O Peugeot 405 foi o primeiro modelo desenhado pele atelier italiano Pininfarina a vencer o Troféu Carro do Ano em Portugal.

Desde 2016 que a Razão Automóvel integra o painel de jurados do Carro do Ano

Das várias versões que conheceu, destaca-se as mais desportivas como a STI Le Mans e o Mi16, ambos ao nível das melhores berlinas desportivas. Para além destas, não faltou sequer versões com mais de 400 cv de potência destinadas ao Dakar, como o Peugeot 405 T16 Rally Raid e o Peugeot 405 T16 Grand Raid.

Com uma aerodinâmica apurada, a elegante berlina de linhas retilíneas foi um dos destaques do Salão de Frankfurt de 1987. A produção foi iniciada no mesmo ano, em França e Inglaterra.

A plataforma era a mesma do Citroën BX e reunia predicados suficientes para encarar concorrentes como o Renault 21, também vencedor do carro do ano em 1987, para além do Alfa Romeo 75 e Volkswagen Passat.

Um ano antes de ser carro do ano em Portugal, o Peugeot 405 foi eleito carro do ano na Europa.

A versão Mi16 tinha um bloco 1.9 litros com 16 válvulas e 160 cv de potência, e para além de atingir os 100 km/h em 8,9 segundos, atingia uma velocidade máxima de 220 km/h.

O interior convencia pelo conforto e ergonomia.

Ainda mais potente, no topo da cadeia alimentar da marca do leão, estava a versão T16 com um bloco 2.0 turbo e 200 cv. Tinha uma função overboost, onde a pressão do turbo subia de 1,1 bar para 1,3 bar durante 45 segundos, o que aumentava a potência até 10%.

RELACIONADO: As siglas infernais da Peugeot: Mi16 e T16

Produzido entre 1987 e 1997, nas várias versões incluindo uma carrinha e versões com quatro rodas motrizes, foram vendidas mais de 2,5 milhões de unidades.

Faz swipe na galeria de imagens:

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos