Ken Blockisses

Drift Stick, o opcional mais épico de sempre!

Odiado por alguns, estimado por outros tantos, Ken Block influenciou a Ford a produzir um dos opcionais mais épicos de sempre: o Drift Stick. Merece o nosso respeito por isso

O Ford Focus RS é um dos modelos à venda mais divertidos de conduzir da atualidade. Uma afirmação que não precisa nem de asteriscos nem dos típicos “mas”. Mas ao que parece pode ficar ainda mais divertido.

Mais divertido. Como?

A Ford associou-se novamente a Ken Block, embaixador e piloto da marca no Mundial de Ralicross, para desenvolver um opcional obrigatório para que quer tirar o máximo partido do “drift mode” do Ford Focus RS.

Como sabem, o Focus RS tem um diferencial ativo que permite o bloqueio do eixo traseiro a 100% no modo “drift mode”. A eletrónica encarrega-se de entregar mais potência às rodas traseiras e o resultado final é um carro de tração integral capaz de fazer drifts de fazer inveja a muitos RWD.

Brevemente aqui na Razão Automóvel. O confronto de gerações.

A este modo de condução junta-se agora um “opcional obrigatório” chamado Drift Stick. Um opcional que promete ser uma ajuda preciosa a colocar a traseira onde queremos.

Como funciona?

A ideia da Ford Performance e de Ken Block foi criar um sistema cujo funcionamento fosse semelhante ao de um travão de mão hidráulico. Devia ser rápido, barato, prático de instalar e tinha de assegurar que não comprometia a fiabilidade de todos os componentes.

A solução encontrada é simplesmente genial e simples — amiúde, como todas as ideias geniais. Uma manete em alumínio com um módulo eletrónico é ligado através de uma ficha à centralina que comanda o diferencial traseiro e o ESP. Sempre que puxamos a manete, é dada uma informação à centralina para bloquear as rodas traseiras.

RELACIONADO: Testei o novo Ford KA+ com a chave errada. Ou será a chave certa?

O resultado prático é muito semelhante a um travão de mão hidráulico. Outra das vantagens deste sistema é que preserva a “saúde” do diferencial, porque sempre que a manete é “puxada” a eletrónica interrompe entrega de potência às rodas traseiras. Assim funciona o Drift Stick!

As más notícias…

O Drift Stick ainda só está disponível nos EUA e Canadá, mas poderá chegar à Europa brevemente caso faça sucesso do outro lado do Atlântico. Nas terras do Tio Sam o Drift Stick custa 999 dólares e pode ser instalado em qualquer Ford Focus RS de última geração.

A NÃO PERDER: Como funciona um diferencial?

Mais artigos em Notícias