Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Filha de Paul Walker processa a Porsche

A Porsche reitera que o acidente que vitimou Paul Walker e Roger Rodas se deveu “a condução imprudente e velocidade excessiva”. A filha de Paul Walker não partilha da mesma opinião.

A filha de Paul Walker vai processar Porsche pela morte do pai. Na acusação intentada contra a marca alemã, a filha do malogrado ator, que interpretava o papel de Brian O’conner na saga Velocidade Furiosa, defende que o carro em que o seu pai seguia quando morreu tinha várias falhas de design.

RELACIONADO: Conheçam todos os detalhes do Porsche Carrera GT

O processo em nome de Meadow Rain Walker, de 16 anos, foi submetido ontem, avançou a CNN. Alega que o carro “não tinha os dispositivos de segurança que existem em carros de corrida bem desenhados ou mesmo em alguns carro menos caros da Porsche – dispositivos que podiam ter impedido o acidente ou, no mínimo, permitido a Paul Walker sobreviver ao acidente”.

O advogado da filha de Paul Walker vai mais longe: “o que é importante é que o Porsche Carrera GT é um carro perigoso. Não deve estar na estrada”, disse em comunicado. A Porsche não quis comentar o processo, mas um representante da marca fez saber que do ponto de vista da marca, está provado que o acidente que vitimou Walker, se deveu simplesmente “a condução imprudente e velocidade excessiva”. Não é o primeiro processo contra a Porsche por causa deste acidente: a viúva de Roger Rodas, condutor do carro onde seguia o ator, também iniciou uma ação judicial contra a marca sediada em Estugarda.

Não deixes de nos seguir no Instagram e no Twitter

Mais artigos em Notícias