Ford Daytona Ecoboost Prototype: Tio Sam já tem Ecoboost recordista

O RA tem o prazer de vos apresentar um novo recordista em pista, o Ford Daytona Ecoboost Prototype.

Se tal como nós vivem intensamente todos os recordes de velocidade que são batidos ocasionalmente, então não podem perder os detalhes deste feito por terras do Tio Sam. A equipa de competição de Michael Shank (MSR), conjuntamente com o piloto Colin Braun, acaba de bater 3 recordes na pista internacional de velocidade em Daytona.

No dia 9 de outubro, data da apresentação do Ford Daytona Ecoboost Prototype, equipado com o bloco de 3.5 litros V6 biturbo da família Ecoboost, durante o evento “World Center of Speed”, o piloto de 25 anos Colin Braun em apenas uma volta foi capaz de levar o do Ford Daytona Ecoboost Prototype até aos 357km/h, estabelecendo um novo recorde na pista de Daytona. O último recorde já data de 1987, o que torna este feito particularmente mais importante.

Daytona-Prototype-car_3

Segundo o piloto Colin Braun o dia foi bastante desafiante, pois a equipa perdeu imenso tempo a ajustar todos o pormenores para ter o carro pronto e poder extrair todo o potencial do Ford Daytona Ecoboost Prototype.

Durante o restante tempo em pista a equipa MSR ainda conseguiu bater mais 2 recordes com o do Ford Daytona Ecoboost Prototype, falamos das 10 milhas mais rápidas em partida da linha de meta, a uma média de 337km/h. O terceiro recorde foi obtido a uma média 325km/h quebrando a marca anterior pelos 10km mais rápidos.

A preparação do bloco 3.5 Ecoboost do Ford Daytona Ecoboost Prototype, teve as mãos dos génios de engenharia mecânica da “Roush Yates Engines”, que por sua vez tem uma parceria estratégica com a divisão da “Ford Racing”.
Segundo John Maddox, diretor da divisão de competição da Roush Yates, este projeto teve inicio há 2 anos atrás e desde então o trabalho de aperfeiçoamento deste bloco Ecoboost tem sido extremamente exaustivo, com o objetivo de extrair a maior potência possível, mas ao mesmo tempo elevando a eficiência do mesmo.

Daytona-Prototype-car_9

Os pneus tiveram um papel determinante na obtenção dos 3 recordes, cortesia da Continental, que desenvolveu de propósito os pneus para esta tentativa bem sucedida.

Jamie Allison, diretor da Ford Racing, afirmou que não podia estar mais orgulhoso do Ford Daytona Ecoboost, pois para Jamie Allison equipar um protótipo com um motor de competição que usa basicamente tecnologia de produção e com ele bater recordes de velocidade, significa que o nível de desenvolvimento da tecnologia Ecoboost terá um futuro auspicioso na indústria automóvel. O Ford Daytona Ecoboost Prototype, irá entrar já em janeiro de 2014, nos dias 25 e 26 nas 24 Horas da Daytona Rolex 24 e posteriormente na competição “TUDOR United SportsCar Championship”.

Se ainda existiam dúvidas, quanto à tecnologia ultrapassada que os americanos pudessem usar na competição, o Ford Daytona Ecoboost Prototype, desvincula-se claramente desse preconceito. Com um nível de evolução e aperfeiçoamento técnico, que quem sabe, podem voltar a colocar a Ford nas bocas do mundo, no que poderá tomar forma numa futura participação na classe LMP, nas 24H de Le Mans.

Ainda que longe da performance deste Ford Daytona Ecoboost, revejam o nosso teste a este parente afastado também equipado com tecnologia Ecoboost.