Notícias Hyundai Kauai Electric fez mais de 1000 km com uma carga, mas…

Elétricos

Hyundai Kauai Electric fez mais de 1000 km com uma carga, mas…

… em condições (muito) controladas. Num autêntico desafio de “hypermiling”, três Hyundai Kauai Electric percorreram, cada um, mais de 1000 km com uma só carga.

Hyundai Kauai Electric

Com uma bateria de 64 kWh e uma autonomia anunciada (de acordo com o ciclo WLTP) de 484 km, não há muitas razões de queixa acerca da autonomia do Hyundai Kauai Electric.

Ainda assim, a marca sul-coreana decidiu pô-lo à prova e descobrir qual é o valor máximo de autonomia que o seu crossover elétrico poderia alcançar. E o resultado foi um recorde de autonomia para automóveis elétricos.

Este desafio de “hypermiling” contou com três Hyundai Kauai Electric e a verdade é que todos eles conseguiram ultrapassar a marca dos 1000 km. O que menos distância percorreu ficou-se pelos 1018,7 km percorridos só com uma carga, o seguinte alcançou os 1024,1 km e o recordista percorreu 1026 km sem precisar de recarregar.

VÊ TAMBÉM: A caixa manual inteligente (iMT) da Hyundai não precisa de pedal da embraiagem

Isto significa que estes Kauai Electric também estabeleceram recordes de consumo elétrico, apresentando médias de, respetivamente, 6,28, 6,25 e 6,24 kWh/100 Km, um valor muito inferior aos 14,7 kWh/100 Km oficiais.

Mas como foram conseguidos estes recordes e em que condições? Nas próximas linhas explicamos-te.

Condições (quase) laboratoriais

Realizado na pista de Lausitzring, na Alemanha, este desafio prolongou-se ao longo de três dias e contou com três equipas de condutores que se revezaram num total de 36 vezes.

Apesar de o uso do ar condicionado não ser proibido, nenhuma das equipas o utilizou. Da mesma forma que nenhuma equipa utilizou o sistema de infotainment que se manteve desligado ao longo de todo o desafio. O objetivo? Utilizar toda a energia disponível para apenas locomover os Kauai Electric.

Já no que diz respeito à velocidade média alcançada pelos modelos elétricos da Hyundai, esta manteve-se entre os 29 e os 31 km/h durante as cerca de 35 horas de condução registadas. Valores reduzidos, mas que, segundo a Hyundai, vão ao encontro da velocidade média em condições de circulação urbana.

Hyundai Kauai Electric
Recarregar as baterias? Só mesmo depois destas terem chegado aos 0% de carga.
VÊ TAMBÉM: Hyundai i10 (2020) testado. Será um dos melhores citadinos da atualidade?

Durante as trocas de pilotos, estes discutiam entre si a melhor forma aumentar a eficiência da sua condução, “espremendo até à última gota” toda a energia armazenada nas baterias. Desde as configurações do cruise control (regulador de velocidade) até à forma mais eficiente de abordar as inclinadas curvas do circuito alemão onde a prova se realizou.

Segundo Jürgen Keller, Diretor Executivo da Hyundai Motor Deutchland, “com este teste, o Kauai Electric demonstrou o seu potencial e eficiência como um SUV de estilo de vida ecológico”, acrescentando “isto prova a sua aptidão para o uso diário e mostra que, no que refere aos nossos veículos elétricos, a ansiedade relacionada à autonomia deve ser algo do passado”.

Sabe esta reposta?
Qual é a capacidade da bagageira do Hyundai Ioniq EV?