Mercedes e Rivian juntam-se para produzir furgões elétricos

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Indústria

Mercedes e Rivian juntam-se para produzir furgões elétricos

A Mercedes-Benz Vans e a Rivian vão unir esforços para produzir furgões elétricos de grandes dimensões na Europa.

A Mercedes-Benz Vans e a Rivian assinaram um memorando de entendimento para uma parceria estratégica para produzir furgões elétricos de grandes dimensões.

Ambas as partes querem formar uma empresa conjunta de produção com o objetivo de investir e operar uma fábrica na Europa — a localização final ainda não foi decidida, mas será algures na Europa Central ou de Leste — para produzir exclusivamente furgões elétricos.

A parte mais curiosa é que esta futura joint venture estará concentrada apenas na produção «sob o mesmo teto» de dois modelos distintos que partilharão linhas de montagem e não inclui o desenvolvimento de um modelo comum para os dois construtores.

TÊM DE VER: Ford E-Transit. Já conduzimos a primeira Transit 100% elétrica de sempre
Mercedes-Benz Vans gama elétrica: EQV, eSprinter e eVito
A atual gama elétrica da Mercedes-Benz Vans: EQV, eSprinter e eVito. A parceria com a Renault também irá traduzir-se em Citan e Classe T 100% elétricas.

Em comunicado, a Mercedes-Benz Vans diz que o seu furgão elétrico assentará sobre a sua plataforma elétrica VAN.EA (Mercedes-Benz Vans Electric Architecture), enquanto o furgão elétrico da Rivian assentará sobre a segunda geração da plataforma RLV (Rivian Light Van).

"Estamos encantados por ter a Mercedes-Benz como parceira neste projeto. A Mercedes-Benz é uma das empresas automóveis mais conhecidas e respeitadas do mundo e eu acredito que, juntos, iremos produzir furgões elétricos verdadeiramente notáveis que beneficiarão não só os nossos clientes, como o planeta."

RJ Scaringe, diretor executivo da Rivian

Mesmo assim, tanto a Mercedes-Benz Vans como a Rivian esperam alavancar as sinergias operacionais de modo a aumentar a eficiência dos custos contribuindo para veículos comerciais mais acessíveis motivado pelo custo total de propriedade.

Rivian Van

Com a formação da joint venture, ambas as partes irão explorar mais possibilidades de sinergias.

"(…) a Mercedes-Benz Vans tem ganho uma larga experiência a lançar e produzir furgões elétricos desde 2010. Agora estamos a acelerar a transformação para um portefólio totalmente elétrico. A partir de 2025, todos os furgões com base na nova arquitetura VAN.EA serão só elétricas.

Estou encantado que, como parte dessa transformação, estamos agora a unir esforços com a Rivian — um parceiro altamente dinâmico e inspirador com uma posição tecnológica forte."

Mathias Geisen, diretor da Mercedes-Benz Vans

Transformação elétrica já começou na Mercedes-Benz

Além desta parceria, a Mercedes-Benz Vans anunciou ainda que está a reorganizar a produção europeia de furgões de grandes dimensões para adaptá-la a um futuro formado essencialmente por veículos elétricos.

O construtor germânico vai investir 400 milhões de euros na sua fábrica em Düsseldorf, Alemanha — é a sua maior fábrica de furgões, onde já produz a Sprinter e a eSprinter — para produzir a próxima geração da eSprinter com base na VAN.EA.

Esta nova eSprinter, nas suas variantes chassis-cabina, vão também ser produzidas na fábrica que a Mercedes-Benz Vans tem em Ludwigsfelde (Alemanha) — esta fábrica produz a Sprinter desde 2018.

Mais artigos em Notícias