Fastback é o primeiro «SUV-coupé» da Fiat mas não vem para a Europa

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Primeiras imagens

Fastback é o primeiro «SUV-coupé» da Fiat mas não vem para a Europa

O Fiat Fastback é um «SUV-coupé» exclusivo para o mercado sul-americano, mas será que encaixava bem na gama europeia da marca?

A Fiat acaba de mostrar as primeiras imagens do Fastback, um modelo que segue a «moda» cada vez mais crescente dos «SUV-coupé».

Pensado e desenvolvido em exclusivo para a América do Sul, o Fiat Fastback poderia até ser muito bem recebido no mercado europeu, onde este tipo de carroçaria tem vindo a ganhar cada vez mais protagonismo.

Não há qualquer indicação nesse sentido, mas não seria inédito se este Fastback atravessasse o Atlântico, tal como aconteceu, por exemplo, com o Volkswagen Nivus, que «aterrou» no mercado europeu com o nome Taigo.

A NÃO PERDER: Fiat Pulse Abarth. Este é o primeiro SUV da marca do escorpião, mas não vem para a Europa

 

O Fastback, que foi antecipado por um protótipo homónimo que a Fiat mostrou há quatro anos no Salão de São Paulo, no Brasil, tem por base o Fiat Pulse (pequeno SUV que a marca italiana vende no mercado sul-americano) e destaca-se por contar com linhas musculadas, um pilar traseiro muito inclinado e proteções em plástico muito proeminentes ao nível dos para-choques e das cavas das rodas.

Na dianteira, salta à vista uma grelha com padrão “colmeia” e com um acabamento em preto, que combina com duas entradas de ar laterais posicionadas abaixo dos faróis, que contam com tecnologia Full LED.

LEIAM TAMBÉM: Olivier François, CEO da FIAT: “Segmento A dos carros simples vai morrer. Serão substituídos por quadriciclos”

De perfil, o destaque vai todo para a linha de tejadilho, que não esconde a inspiração nos verdadeiros coupé. Já na retaguarda aquilo que salta mais à vista são os farolins LED bipartidos e o desenho da tampa da bagageira, que simula a forma de um pequeno spoiler.

Fiat-Fastback

Relativamente ao interior, a fabricante italiana ainda não divulgou qualquer imagem oficial, mas é expectável que seja em tudo semelhante ao que encontramos no Pulse, que apresenta, entre outras coisas, um painel de instrumentos digital com 7” e um ecrã central com 10,1”.

Tudo aponta para que debaixo do capô surjam apenas motores turbocomprimidos da família Firefly — a mesma que equipa na Europa modelos como o Fiat 500X, Tipo ou os Jeep Renegade e Compass —, nomeadamente, o três cilindros de 1,0 l com 130 cv e prevê-se que adote o 1.3 Turbo de 185 cv do Pulse Abarth.

Sabe responder a esta?
Qual era a potência do Fiat Cinquecento Sport?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Lembras-te deste? Fiat Cinquecento Sport (mas só em Portugal)

Mais artigos em Notícias