Ponte Vasco da Gama. Factos e números sobre a «segunda travessia do Tejo»

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

História

Ponte Vasco da Gama. Factos e números sobre a «segunda travessia do Tejo»

A Ponte Vasco da Gama foi inaugurada em 1998 e é uma das grandes obras do país e uma importante via de comunicação entre as duas margens do Tejo.

Para muitos de nós já é praticamente impossível recordar a cidade de Lisboa sem a Ponte Vasco da Gama. Inaugurada em 1998, esta homenageia o navegador Vasco da Gama, que coincidiu com os 500 anos da sua chegada à Índia em 1498.

Contudo, esta estrutura em betão é bem mais do que uma «mera homenagem».

Construída na zona norte da cidade de Lisboa, a Ponte Vasco da Gama estabeleceu-se imediatamente como uma alternativa há muito esperada (e necessária) à Ponte 25 de Abril e uma via de comunicação crucial de ligação entre norte e o sul do país.

A NÃO PERDER: Há uma mini Ponte 25 de Abril «perdida» no Alentejo

Neste artigo deixamo-vos alguns números da ponte que durante algum tempo era identificada somente como a «segunda travessia do Tejo»,

2,90

O preço da portagem em euros para os veículos de classe 1 (NDR: ano 2022). Aquando da sua inauguração em 1998 o custo da portagem para os automóveis ligeiros (Classe 1) era de 320 escudos (1,60 €).

Atualmente os veículos de classe 2 pagam 6,55 €, os de classe 3 pagam 9,65 € e no caso dos veículos de classe 4 o custo da portagem ascende aos 12,40 €.

Praça das portagens da Ponte Vasco da Gama
Praça das portagens da Ponte Vasco da Gama.

 

17,185 km

Comprimento total da Ponte Vasco da Gama. Da extensão total da ponte, 12,345 km são feitos sobre as águas do rio Tejo.

Estes números valeram-lhe o título de «ponte mais longa da Europa» até 2018, ano em que foi suplantada pela ponte da Crimeia, construída sobre o Estreito de Kerch e que mede 18,100 km.

Ainda assim, a Ponte Vasco da Gama continua a ser a maior ponte da União Europeia.

91

O número de câmaras instaladas ao longo da Ponte Vasco da Gama e que permitem a monitorização constante do tráfego a partir da Sala de Controlo e de um posto fixo da GNR.

A ponte conta ainda com 73 postos de telefones de emergência e com um sistema de Detecção Automática de Incidentes (DAI) que alerta os operadores em caso de paragem de tráfego.

As patrulhas de assistência da Lusoponte (a entidade responsável pela gestão da ponte) ajudam os condutores na resolução de pequenas avarias.

250 km/h

A velocidade das rajadas de vento que a Ponte Vasco da Gama foi concebida para suportar.

Galardoada no ano 2000 com o primeiro prémio pela Instituição Ibero-Americana de Arquitectura e Engenharia Civil, a ponte foi projetada para resistir a um terramoto 4,5 vezes mais forte que aquele que Lisboa sofreu em 1755.

3300

O número de trabalhadores envolvidos na construção da Ponte Vasco da Gama entre fevereiro de 1995 e março de 1998.

Construção da Ponte Vasco da Gama
A construção da Ponte Vasco da Gama demorou 37 meses, pouco mais de três anos. ©Lusoponte

Aquando da sua construção foi dada especial atenção à proteção ambiental, pois a ponte atravessa o Parque Natural do Estuário do Tejo.

VEJAM TAMBÉM: Quanto custava atravessar a Ponte 25 de Abril em 2001, no tempo da moeda antiga?

15 000

O número de pessoas que participaram na maior feijoada do mundo a 22 de março de 1998.

A mesa onde a feijoada foi servida entrou no Livro dos Recordes do Guiness como a «a maior mesa do mundo», com 5,05 km de comprimento.

Construção da Ponte Vasco da Gama_1
A colocação da primeira viga do viaduto central da ponte em abril de 1996. Foi aqui que dois anos depois foi feita a maior feijoada do mundo. ©Lusoponte

Curiosamente, esta mega-feijoada aconteceu ainda antes da cerimónia de inauguração oficial da ponte, que aconteceria apenas uma semana depois, a 29 de março de 1998, e que foi presidida pelo então Presidente da República, Jorge Sampaio.

62 000

A média de carros que atravessa a Ponte Vasco da Gama diariamente.

Quando se celebraram os 20 anos da sua inauguração em 2018, as estatísticas diziam que, desde 1998, tinham atravessado a ponte cerca de 426 milhões de carros.

730 000 m3

O volume total de betão empregue na construção da Ponte Vasco da Gama.

Além do betão, foram usadas 100 000 toneladas de aço e movimentados 1 400 000 m3 de terra. Já a área total de tapete betuminoso ascende aos 400 000 m2.

Construção da Ponte Vasco da Gama estaleiro no Seixal
Um gigantesco estaleiro de pré-fabricação, localizado no Seixal, foi utilizado para a construção das enormes peças de betão pré-fabricadas ao tabuleiro da ponte. ©Lusponte

897 000 000

Custo da construção da Ponte Vasco da Gama em euros. Desta verba, 319 milhões de euros foram provenientes do Fundo de Coesão da União Europeia e 299 milhões de euros emprestados pelo Banco Europeu de Investimento.

As portagens cobradas na Ponte 25 de Abril contribuíram com 50 milhões de euros.

Sabe responder a esta?
Qual destas marcas era portuguesa?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Quando o “nosso” Portaro foi testado pela TV britânica

Mais artigos em Crónicas