Vai-se chamar EXC90 ou Embla? Sucessor do Volvo XC90 «apanhado» no registo de patentes

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Antevisão

Vai-se chamar EXC90 ou Embla? Sucessor do Volvo XC90 «apanhado» no registo de patentes

O sucessor do Volvo XC90 deixa-se ver no registo de patentes, mas ainda está por decidir que nome irá adotar.

A Volvo prometeu-nos um sucessor para o XC90, o seu maior SUV, ainda este ano e agora, graças ao registo de patentes, podemos vê-lo em primeira mão.

O novo SUV de sete lugares será o primeiro a assentar sobre a SPA2 — a segunda geração da maior plataforma da Volvo — e vai ser exclusivamente elétrico, justificando parte da aparência que podemos ver nas imagens da patente.

Nelas podemos constatar que a frente deixa de ter uma grelha, com as únicas aberturas a estarem na parte inferior do para-choques e nas suas extremidades laterais — cortinas de ar para as rodas?

TÊM DE VER: Volvo Cars. Resultados financeiros sólidos mesmo com vendas em baixa
sucessor Volvo XC90 patente 3/4 frente

Os faróis mantém a assinatura “martelo de Thor”, mas são mais esguios, e na traseira as óticas são separadas em dois grupos, com um a ladear o óculo traseiro, e outro mais abaixo, numa posição mais convencional e com os dois lados unidos graficamente.

A matrícula traseira passa também a estar inserida no para-choques, mas de resto, quando visto de perfil, é impossível não verificar a grande proximidade visual com o XC90 atual.

Como se vai chamar?

De momento pouco ou nada mais se sabe sobre o sucessor do XC90; nada ainda foi avançado ou especulado sobre as suas características técnicas.

Contudo, tendo em conta o (também muito pouco) que foi avançado sobre o Polestar 3 — que deverá assentar sobre a mesma base — podemos antecipar variantes com dois motores elétricos (um por eixo) e uma autonomia (desejável) de 600 km.

A outra dúvida que permanece sobre a nova geração do XC90 é sobre a sua designação.

Håkan Samuelsson, o ex-diretor executivo da Volvo que já passou o testemunho a Jim Rowan, tinha dito que os futuros modelos da marca, a começar com o sucessor do XC90, abandonariam as designações alfanuméricas e passariam a ter nomes.

Embla, o nome da primeira mulher na mitologia nórdica, foi um dos nomes registados pela Volvo e aquele que mais tem sido sugerido para identificar a nova geração do SUV sueco, mas agora surgiu outra possibilidade.

E é, curiosamente, uma designação alfanumérica: EXC90. O registo da nova designação foi visto no Instituto da Propriedade Intelectual da União Europeia, o que sugere, talvez, um recuo na decisão de abandonar a combinação de números e letras.

XC90 atual não «morre» com nova geração

Apesar da apresentação para breve de uma nova geração, tal como vimos com outros modelos de outras marcas, não significa que o Volvo XC90 em comercialização vá desaparecer.

Volvo Xc90 2022 frente 3/4
Foi lançado em 2015, mas a sua carreira será prolongada por mais uns anos, provavelmente disponível apenas como híbrido plug-in.

Com o novo modelo a ser exclusivamente elétrico e, mais importante, a ser produzido apenas nos Estados Unidos da América e na China, não há pressão para terminar a produção do atual XC90 em Trollhättan na Suécia.

O que permite à Volvo manter em produção um SUV grande com motorizações híbridas, que ainda têm grande expressão comercial em mercados como o norte-americano ou o chinês.

VEJAM TAMBÉM: Mercedes-Benz EQE SUV mostra interior e já tem data de estreia

Está prevista, assim, uma renovação do XC90 atual que se manterá em produção e será comercializado em paralelo com o seu sucessor.

Mais artigos em Notícias