Adeus, Ford Mondeo. Produção na Europa termina ao fim de 29 anos

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Fim da produção

Adeus, Ford Mondeo. Produção na Europa termina ao fim de 29 anos

O Ford Mondeo fez carreira na Europa desde 1993 ao longo de quatro gerações. Agora despede-se para não mais voltar.

A produção do Ford Mondeo na Europa chegou ao fim depois de 29 anos. O derradeiro exemplar saiu da linha de montagem no passado dia 4 de abril, na unidade de produção da Ford em Valência, Espanha.

Quando às imagens desse último exemplar, foram divulgadas no Linkedin por Federico Ertl, um dos engenheiros de produção daquela fábrica.

Apresentado em 1992 como o primeiro «carro global» da marca da oval azul, o Mondeo manteve-se por cá durante quatro gerações.

A NÃO PERDER: Ford registou patente para motor de combustão a hidrogénio
Ford Mondeo Valencia Produção-2 © Federico Ertl (Linkedin)

Pelo meio conheceu uma importante popularidade em alguns mercados do velho continente, a começar logo pelo Reino Unido, um dos seus maiores mercados, onde a Ford vendeu mais de 86 500 exemplares em 2001.

Contudo, e muito por culpa do crescimento de interesse nos SUV, foi perdendo expressão ao longo dos anos e neste mesmo mercado, em 2020, vendeu apenas 2400 unidades.

LEIAM TAMBÉM: Nova Ford Ranger Raptor. V6 biturbo a gasolina, mais capaz e ainda mais espetacular?

E isso acaba mesmo por ser a principal razão para o fim da produção deste modelo. A Ford está a “evoluir a gama de veículos de passageiros na Europa para responder às mudanças nas necessidades dos clientes à medida que avançamos para um futuro totalmente elétrico”, explicou um porta-voz da Ford aos britânicos da Autocar.

Ford Mondeo
O primeiro Ford Mondeo tentava agradar a «gregos e troianos».

Sucessor só na China

O fim de carreira do Mondeo na Europa não significa que este modelo vá desaparecer de forma integral do catálogo da marca da oval azul.

Há uns meses a Ford revelou uma nova geração (a quinta) do modelo, que será construída e comercializada apenas na China, onde a procura por berlinas continua a justificar uma aposta neste segmento por parte dos construtores.

Ford Mondeo China
O novo Ford Mondeo para a China.

Novo SUV a caminho?

A saída de cena do Mondeo abre um vazio na gama da Ford na Europa, que pode vir a ser preenchida por um SUV.

Há cerca de duas semanas foi apanhado nos testes de inverno no norte da Europa um SUV que irá, à partida, suceder à berlina Fusion nos Estados Unidos.

Para já este SUV tem sido apelidado de Fusion Active e deverá posicionar-se no segmento D,  o mesmo do Mondeo, entre o Kuga e o bem maior Explorer.

fotos-espia Ford SUV © Razão Automóvel

Porém, não está ainda confirmado que este SUV se vá vender no «velho continente». Mas o facto de a Ford o estar a testar deste lado do Atlântico é um bom indicador.

A sua apresentação vai acontecer no final deste ano ou no início de 2023.

Fonte: Autocar

Sabe responder a esta?
Qual a potência máxima do Ford Mustang Mach 1?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Ford Mustang Mach 1. O último «PURO SANGUE»?

Mais artigos em Notícias