É o adeus ao Ford Fiesta de três portas. Produção termina no verão

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Antevisão

É o adeus ao Ford Fiesta de três portas. Produção termina no verão

A produção do Ford Fiesta de três portas vai terminar no final do verão, mas a versão de cinco portas vai manter-se no mercado.

São cada vez menos os modelos de três portas disponíveis no mercado e agora despedimo-nos de mais um: o Ford Fiesta.

A produção do Fiesta de três portas terminará já neste verão, uma informação que foi confirmada à Automotive News por um porta-voz da Ford Alemanha.

Acerca desta decisão, este porta-voz afirmou: “A Ford está simplificar e a agilizar sua oferta. O objetivo é adaptar a oferta à procura dos clientes — portanto, a carroçaria menos popular vai desaparecer”.

A NÃO PERDER: Adeus, Ford Mondeo. Produção na Europa termina ao fim de 29 anos
Ford Fiesta Van
O fim do Fiesta de três portas é sinónimo do fim da variante comercial do utilitário da Ford.

Esta decisão deve-se não só às reduzidas vendas da versão de três portas como à necessidade de acelerar a produção das outras variantes do Fiesta na fábrica de Colónia, após uma série de paragens motivadas pela escassez de componentes.

O fim de uma era e o começo de outra

O desaparecimento da variante de três portas do Ford Fiesta marca o fim de uma era na marca norte-americana e até na história do famoso utilitário.

Desde o lançamento da sua primeira geração, em 1976, e ao longo de sete gerações, o Ford Fiesta ofereceu sempre uma carroçaria de três portas. Aliás, durante as duas primeiras gerações o utilitário da Ford nem sequer tinha uma carroçaria de cinco portas, tendo estas chegado apenas com a terceira geração em 1989.

Ford elétricos
Nos próximos anos a aposta da Ford passa pela eletrificação da sua gama.

Ao mesmo tempo que se prepara para terminar a produção do Fiesta de três portas a Ford fará um investimento avultado na fábrica de Colónia onde este é produzido. O objetivo é o de preparar esta sua fábrica para a produção de modelos elétricos.

É naquela unidade fabril que a Ford vai produzir já a partir deste ano o seu primeiro modelo100% elétrico baseado na plataforma MEB do Grupo Volkswagen, um crossover de média dimensão que vai oferecer, segundo a marca norte-americana, 500 km de autonomia.

Os Ford Fiesta de cinco portas continuarão a ser produzidos lado a lado com este novo crossover elétrico na mesma fábrica, ainda que a marca norte-americana não tenha dito por quanto tempo o fará.

Fonte: Automotive News

Sabe responder a esta?
Em que ano foi lançado o Ford Puma?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Ainda te lembras dos pequenos coupé dos anos 90?

Mais artigos em Notícias