Tonale. Tudo sobre o primeiro Alfa Romeo eletrificado

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Apresentação

Tonale. Tudo sobre o primeiro Alfa Romeo eletrificado

Disponível com dois motores híbridos e uma versão híbrida plug-in, o Alfa Romeo Tonale é o primeiro modelo da marca a eletrificar-se.

Já visto como protótipo, em fotos-espia e até em fugas de imagens, o Alfa Romeo Tonale foi agora revelado e era difícil ser mais importante para a casa de Milão.

Afinal de contas, o Tonale não só marca a entrada da Alfa Romeo no segmento C-SUV como é o seu primeiro modelo a receber motorizações eletrificadas.

Com chegada ao mercado nacional prevista para junho deste ano, fiquem a par de todos os detalhes do novo Alfa Romeo Tonale.

A NÃO PERDER: Alfa Romeo Stelvio Quadrifoglio (510 cv). BMW M ou Mercedes-AMG fazem melhor?

Visual «familiar»

Esteticamente o Alfa Romeo Tonale não difere muito do protótipo que vimos no Salão de Genebra de 2019.

Assim, na dianteira destaca-se o tradicional scudetto da Alfa Romeo, acompanhado em cima, por uma abertura que integra os faróis em LED com geometria 3D.

Na lateral destacam-se as jantes (podem medir de 17” a 20”) com a mais recente interpretação do estilo «disco de telefone» característico das propostas da Alfa Romeo desde a década de 60 do século passado.

Por fim, na traseira, o Alfa Romeo Tonale conta com uma faixa luminosa que atravessa toda a traseira, apenas interrompida pelo logótipo da marca, conferindo-lhe uma assinatura luminosa que não passa despercebida.

LEIAM TAMBÉM: Este podia ser o 156 GTAm que a Alfa Romeo nunca nos deu
Alfa Romeo Tonale

Tecnologia para «dar e vender»

Se no exterior o Tonale segue em linha com a tradição da Alfa Romeo, no interior começamos a ter vislumbres do porquê deste modelo se apresentar como o primeiro de uma nova era na marca. Sim, há vários detalhes que evocam o passado da Alfa Romeo, mas não faltam novidades a bordo do Tonale.

Para começar temos um painel de instrumentos digital com 12,3”, com um estilo que é uma clara referência ao passado da Alfa Romeo, apresentando o tradicional desenho «telescópico» e um grafismo inspirado no apresentado por modelos da marca de outrora.

Já ao centro do tabliê destaca-se o ecrã de 10,25” com um design inspirado nos smartphone e um novo sistema de infoentretenimento. Equipado com o sistema operativo Android, conetividade 4G e atualizações remotas (over the air), este sistema conta ainda com a assistente virtual da Amazon, Alexa.

Além disto, há ainda a destacar a presença dos «Alfa Connect Services», uma ferramenta que oferece várias soluções de conetividade.

Por fim, e ainda no campo da tecnologia, o Tonale apresenta-se com uma série de sistemas de ajuda à condução que lhe possibilitam condução semiautónoma (nível 2). Entre estes destacam-se o cruise control adaptativo, o sistema de manutenção na faixa de rodagem ou o reconhecimento do sinais de trânsito.

Eletrificar foi a palavra de ordem

O Alfa Romeo Tonale é o primeiro modelo eletrificado da marca italiana e para o ser recebeu uma versão híbrida e outra híbrida plug-in.

Começando pelas versões híbridas, estas «casam» um novo quatro cilindros turbo com 1.5 l, que funciona segundo o mais eficiente ciclo Miller, com um sistema elétrico de 48 V e dois motores elétricos, herdando a motorização dos novos Compass e Renegade Hybrid.

Alfa Romeo Tonale

O primeiro é um motor-gerador ligado por correia (BSG – Belt driven Starter Generator) ao motor de combustão, como acontece com os mild-hybrid. O segundo está instalado numa nova transmissão de dupla embraiagem de sete velocidades e debita 15 kW (20 cv) e 55 Nm.

Na versão de entrada, a potência total ascende aos 130 cv e 240 Nm como nos modelos da marca norte-americana. Já na versão mais potente, exclusiva do Tonale, a potência sobe para os 160 cv, tudo graças à adoção de um turbo de geometria variável.

Esta é a primeira vez que um turbo de geometria variável é instalado num motor a gasolina na Stellantis, sendo que a sua adoção permitiu alargar a faixa na qual o binário é entregue.

Já a variante híbrida plug-in conjuga um 1.3 l a gasolina (que move as rodas dianteiras) com 180 cv a um motor elétrico com 90 kW (122 cv). Tudo isto confere-lhe uma potência máxima combinada de 275 cv e, claro está, tração integral.

A alimentar o motor elétrico está uma bateria de 15,5 kWh, exclusiva da Alfa Romeo. Graças a esta o Tonale híbrido plug-in pode percorrer até 60 km em modo 100% elétrico em ciclo combinado WLTP e até 80 km em ciclo WLTP urbano. Quanto ao carregamento, esse pode ser feito em duas horas e meia num posto de 7,4 kW.

A NÃO PERDER: Testámos o Alfa Romeo Giulia Diesel com 190 cv. Chega para os alemães?

No campo das prestações o primeiro Alfa Romeo híbrido plug-in cumpre os 0 aos 100 km/h em 6,2s. Por fim, a transmissão está a cargo de uma caixa automática (conversor de binário) de seis velocidades.

Ainda no campo das motorizações, na Europa o Tonale vai também contar com um motor Diesel com 1.6 l de 130 cv associado a uma caixa automática (dupla embraiagem) de seis velocidades e tração dianteira.

Já na América do Norte e Médio Oriente estará disponível com um motor a gasolina de 2,0 l com 256 cv, tração integral e caixa automática de nove relações.

Um registo digital

Se a eletrificação é uma novidade na gama da Alfa Romeo, a adoção de um certificado digital NFT (non-fungible token) é uma novidade absoluta a nível mundial.

Este NFT certifica o Tonale mal este sai da linha de produção e permite ir registando os mais diversos dados do SUV transalpino ao longo da sua utilização — revisões, acidentes, etc. Impossível de ser adulterado, este registo visa ajudar a preservar o valor residual do Tonale ao longo do tempo.

Quando chega?

Com chegada ao mercado nacional prevista para meados de junho, os preços do Alfa Romeo Tonale ainda não foram revelados.

Ainda assim, sabemos que se vai apresentar em dois níveis de equipamento (Super e T.I.) aos quais poderão ser adicionados dois packs (Sprint e Veloce) e que as encomendas da Launch Edition abrem em Abril.

Quanto a futuras versões, enquanto que versões 100% elétricas ou Quadrifoglio não foram descartadas, uma variante SUV-Coupé foi totalmente colocada de parte.

Sabe responder a esta?
Em que ano foi lançado o Alfa Romeo 90?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Conheces o mais estranho opcional do Alfa Romeo 90?

Mais artigos em Notícias