Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Mercado

Não há mais! Bugatti Bolide e Chiron estão oficialmente esgotados

Milionários de todo o mundo, esta notícia é para vocês: a Bugatti acaba de confirmar que já tem vendeu todas as unidades do Chiron e do Bolide.

É oficial, não há mais Bugatti Bolide e Chiron. A marca com sede em Molsheim, na Alsácia francesa, confirmou ter recebido um total de 150 encomendas no ano passado e que, consequentemente, a produção do Bolide e do Chiron já está totalmente alocada.

Das 150 encomendas, cerca de 60% são de clientes que estão a comprar o seu primeiro Bugatti. E desse total, 40 clientes decidiram comprar o Bolide, que a Bugatti descreve como o seu modelo “mais extremo de sempre”.

Considerado recentemente o “hipercarro mais belo do mundo”, o Bolide será animado pelo motor 8.0 W16 tetraturbo, o único bloco a equipar os Bugatti do séc. XXI, e terá um peso (com fluídos) de apenas 1450 kg, para uma relação peso/potência de 0,9 kg/cv.

A NÃO PERDER: Este Bugatti tem menos de 1 cv e só chega aos 30 km/h
bugatti bolide e chiron
Bugatti Bolide e Chiron Super Sport lado a lado.

Graças a estes números, e de acordo com as simulações feitas pela Bugatti, será capaz de acelerar dos 0 aos 300 km/h em… 7,37s (!) e de cumprir o exercício dos 0-400 km/h-0 em 24,14s. Para se ter uma ideia, o Chiron precisa de 42s para fazer o mesmo.

O Bolide será exclusivo para circuitos — haverá eventos de track-days específicos organizados pela Bugatti — e só vai começar a ser entregue em 2024. O custo de cada unidade? 4,0 milhões de euros… antes de impostos.

bugatti bolide
O Bolide é um hipercarro exclusivo para as pistas.

Um ano muito ocupado

A Bugatti teve em 2021 o ano mais ocupado da sua história. Arrancou com a entrega da versão Super Sport 300+ do Chiron, encaminhou todas as unidades do Divo e claro, procedeu à entrega do La Voiture Noire ao seu misterioso proprietário, cuja identidade continua no «segredo dos deuses».

LEIAM TAMBÉM: Este é, talvez, o primeiro Bugatti Chiron a «visitar» um banco de potência. Como se saiu?

Mas 2022 não promete ser mais calmo. É que a Bugatti tem planos para a entrega de 80 exemplares durante este ano, entre eles as versões Super Sport 300 do Chiron e as 10 unidades do Centodieci. E um deles vai para a garagem de Cristiano Ronaldo.

Sabe responder a esta?
Em que ano foi apresentado o Bugatti EB110?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Bugatti EB110. O último Bugatti antes da era Volkswagen

Mais artigos em Notícias