Este é provavelmente o Porsche Carrera GT mais barato de todos

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Leilões

Este é provavelmente o Porsche Carrera GT mais barato de todos

Um ícone da indústria automóvel, mesmo acidentado, o Porsche Carrera GT é capaz de fazer rodar cabeças e justificar avultados investimentos.

Um dos últimos superdesportivos analógicos, o Porsche Carrera GT, viu rolar da linha de produção somente 1270 unidades entre 2003 e 2006.

Por essa razão, o surgimento de um destes “super Porsche” à venda é sempre notícia, mesmo que o exemplar em causa tenha estado envolvido num acidente e se apresente longe do seu estado ideal.

Anunciado no site Copart, este Carrera GT acidentado está a ser leiloado e, à data de publicação deste artigo, a licitação mais baixa encontra-se nos 384 mil dólares (cerca de 340 mil euros), um valor bem abaixo do que habitualmente é pedido pelos poucos Carrera GT existentes — facilmente chegam à marca do milhão de euros.

A NÃO PERDER: Vision Gran Turismo. O supercarro elétrico da Porsche, só para o mundo virtual
Porsche_Carrera_GT
Quem o vir deste ângulo nem diz que está danificado. Copart

Danos superficiais ou algo mais?

Numa primeira análise os danos deste Porsche Carrera GT parecem estar “confinados” à secção dianteira: parte do para-choques está partido e o capô dianteiro parece ter deixado de fechar na perfeição.

Quanto ao resto do carro, a carroçaria não aparenta ter mais danos, restando apenas saber se o acidente que destruiu o para-choques terá afetado a monocoque, a suspensão, direção ou qualquer outro componente mecânico.

Já no interior, o airbag do passageiro denuncia a violência do impacto, mas o facto de o painel de instrumentos funcionar como que vem revelar que talvez os danos não tenham sido excessivos. Quanto ao estado geral do habitáculo, este apresenta-se (quase) como quando saiu da linha de produção.

Por fim, apesar de não haver qualquer vídeo do motor a trabalhar, o facto de a baía do motor (colocada atrás do habitáculo) não aparentar quaisquer danos «alimenta a esperança» de que o muito especial V10 naturalmente aspirado que anima o Carrera GT ainda esteja de «boa saúde».

LEIAM TAMBÉM: Porsche Macan. Próxima geração vai ser só elétrica

É o carro certo para quem?

Dada a incerteza acerca deste exemplar, este Porsche Carrera GT pode ser o carro ideal para dois tipos de compradores: o primeiro é alguém que aproveitando o valor «relativamente baixo» que está a ser pedido por ele o compre e o recupere, devolvendo-lhe todo o seu esplendor.

Já outra hipótese é que este Carrera GT venha a ser adquirido por alguém que já tenha um exemplar do supercarro alemão e que precise deste como «dador de peças», por muito triste que seja esse fim. Afinal de contas as peças para supercarros como o Porsche Carrera GT não se adquirem com facilidade e este exemplar tem somente 13 493 km registados no odómetro.

Sabe responder a esta?
Em que ano foi revelado o protótipo Porsche C88?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

C88. Fica a conhecer o “Dacia Logan” da Porsche para a China

Mais artigos em Notícias