Um Lamborghini Urus mais agressivo e com 1001 cv? Culpem a Mansory e a MTM

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Tuning

Um Lamborghini Urus mais agressivo e com 1001 cv? Culpem a Mansory e a MTM

A Mansory tratou da imagem. A MTM tratou da mecânica. O resultado deste «casamento»? Um Lamborghini Urus de aspeto selvagem com 1001 cv.

Com 650 cv de potência e imagem angular, o Lamborghini Urus é um dos SUV mais rápidos e radicais que o dinheiro pode comprar, mas porque há sempre quem queira mais, a Mansory e a MTM acabam de se juntar para criar a derradeira versão do “touro familiar”.

De fábrica, o visual do super-SUV da Lamborghini já «transpira» agressividade. Mas comparado com o Urus que a Mansory e a MTM agora nos mostram, quase que podia passar despercebido. Mais dramático e extremo, quase me apetece dizer que este Urus fez um trabalho específico de ginásio para ganhar músculo.

E o resultado está à vista nestas imagem. Desde o kit aerodinâmico até às cavas das rodas alargadas, passando pelas novas entradas e saídas de ar, pelo para choques dianteiro mais proeminente e por um capô bem mais trabalhado, este Lamborghini Urus conseguiu livrar-se de praticamente todos os painéis de carroçaria originais.

A NÃO PERDER: Brabus, o que fizeste ao Mercedes-Maybach GLS 600?
Lamborghini Urus Mansory MTM

Mas se a dianteira impressiona, é a traseira que rouba todas as atenções, graças ao difusor de ar gigante, ao novo spoiler e claro, à tripla saída de escape que confesso que me faz lembrar o Demogorgon da série de televisão “Stranger Things”.

Que a imagem exterior — responsabilidade da Mansory, claro está — é radical, acho que poucas dúvidas restam. Mas a MTM não deixou que a mecânica lhe ficasse atrás e levou este Urus para níveis de potência nunca antes vistos neste modelo.

Lamborghini Urus Mansory MTM

Graças a um novo e maior par de turbos, um novo sistema de admissão, um filtro de ar personalizado e uma reprogramação da Unidade de Controlo do Motor, a MTM conseguiu extrair uns impressionantes 1001 cv e 1250 Nm do 4.0 V8 biturbo, que de série entrega “apenas” 650 cv e 850 Nm.

LEIAM TAMBÉM: Lamborghini Urus é o SUV mais rápido sobre o gelo

Para se ter a noção destes números, basta recordar que o Bugatti Veyron original precisava do dobro dos cilindros, o dobro dos turbos e o dobro da cilindrada — o também épico W16 tetraturbo de 8,0 l — para produzir precisamente a mesma potência e binário.

Lamborghini Urus Mansory MTM

Resta agora saber quanto a Mansory e a MTM pedem por todas estas modificações no Urus. Mas se tivermos em conta que quando foi lançado em Portugal, há cerca de quatro anos, o Lamborghini Urus tinha preços a começar nos 268 570 euros, então podemos esperar um valor ainda mais… imponente.

Lamborghini Urus 1001 cv
Sabe responder a esta?
Qual era a potência máxima do Daihatsu Charade GTti?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Glórias do Passado. Daihatsu Charade GTti, o mil mais temido

Mais artigos em Notícias