Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Fotos-espia

Novo Range Rover híbrido plug-in deixa-se “apanhar” em novas fotos-espias

Com lançamento previsto para 2022, o Range Rover foi novamente "apanhado" em fotos-espia, desta vez na versão híbrida plug-in.

À medida que a data de lançamento da quinta geração do Range Rover se vai aproximando — chegada prevista para 2022 — é sem grande surpresa que o SUV da marca britânica tem surgindo em cada vez mais fotos-espia.

Assentará sobre a nova plataforma MLA, a que deveria ter sido estreada pelo novo Jaguar XJ (e que foi cancelado pelo novo diretor executivo da marca, Thierry Bolloré), e permite criar modelos com motor de combustão, híbridos e 100% elétricos.

No entanto, o novo Range Rover surge ainda envolto em mais camuflagem do que aquela que esperávamos ver por esta altura. Ainda assim foi possível perceber mais alguns detalhes e verificar que se tratava da versão híbrida plug-in, algo que foi denunciado pela porta de carregamento e pelo autocolante a dizer… “Hybrid” no vidro dianteiro.

A NÃO PERDER: P300e. O que vale a versão híbrida plug-in do Land Rover Discovery Sport?
fotos-espia_Range Rover © Razão Automóvel

Inspirado no Velar

No capítulo da estética e apesar da vasta camuflagem, conseguimos perceber que o novo Range Rover vai apostar num estilo que conjuga alguns detalhes da atual geração (ainda está para nascer o primeiro Range Rover que abdicará de um estilo “evolucionista”) e do Velar.

Esta inspiração no seu “irmão mais novo” fica evidente não só nos puxadores das portas embutidos, como na grelha dianteira que não esconde algumas parecenças com a do Range Rover Velar. Já os faróis, dos quais pudemos ver pouco mais que o contorno, deverão ser mais próximos aos da atual geração.

O que já sabemos

Tal como acontece na geração atual, o novo Range Rover deverá apresentar-se em duas carroçarias: “normal” e longa (com maior distância entre eixos). No que às motorizações diz respeito, a tecnologia mild-hybrid deverá tornar-se na norma e as versões híbridas plug-in têm presença assegurada na gama.

LEIAM TAMBÉM: Novo Range Rover Sport “apanhado”. O que vai mudar em 2022?

Enquanto a continuidade do seis cilindros em linha atualmente usado está praticamente assegurada, o mesmo não se pode dizer acerca do 5.0 V8. Persiste o rumor de que a Jaguar Land Rover poderá prescindir do seu veterano bloco e recorrer a um V8 de origem BMW — não seria a primeira vez. Já tinha acontecido na segunda geração do modelo quando a Land Rover estava nas mãos da marca alemã.

O motor em causa consiste no N63, o V8 biturbo com 4.4 l da BMW, um motor que conhecemos das versões M50i dos SUV X5, X6 e X7, ou ainda dos M550i e M850i, debitando, nestes casos, 530 cv.

Sabe responder a esta?
Em que modelo se baseava o Honda Crossroad?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Não estão a ver mal. É mesmo um Honda
Em cheio!!
Vá para a próxima pergunta

ou leia o artigo sobre este tema:

Não estão a ver mal. É mesmo um Honda

Mais artigos em Notícias