Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Toyota Gazoo Racing Iberian Cup

O GR Yaris já tem uma versão de competição e parece um mini-WRC

Com chegada prevista para 2022, a "Toyota Gazoo Racing Iberian Cup" é o troféu monomarca no qual o Toyota GR Yaris será o protagonista.

Para Akio Toyoda, Presidente e CEO da Toyota Motor Corporation (TMC), a melhor forma para desenvolver melhores automóveis passa pela competição. Por isso mesmo a Toyota Caetano Portugal, a Toyota Espanha e a Motor & Sport Institute (MSi) uniram esforços e transformaram o Toyota GR Yaris num “mini-WRC”.

O objetivo passou por preparar o desejado hot hatch japonês numa máquina de ralis apta a protagonizar o seu próprio troféu monomarca, a “Toyota Gazoo Racing Iberian Cup”.

Esta nova competição já tem as três primeiras temporadas confirmadas (2022, 2023 e 2024) e marca o regresso oficial da Toyota ao mundo dos troféus e ralis promocionais como marca oficial.

A NÃO PERDER: Razão Automóvel nomeada para os «Óscares dos Automóveis»

 

Toyota GR Yaris Ralis

Com mais de 250 mil euros em prémios em disputa, a primeira temporada desta nova competição vai contar com um total de oito provas — quatro em Portugal e quatro em Espanha. Quanto às inscrições, essas já estão abertas e podem inscrever-se através de correio eletrónico.

O que mudou no GR Yaris?

Apesar de pouco alterados face aos Toyota GR Yaris à venda nos concessionários, nem por isso os GR Yaris que vão protagonizar este troféu deixaram de receber algumas novidades.

A preparação dos exemplares levada a cabo pelos técnicos da MSi focou-se, principalmente, na segurança. Desta forma, os carros que vão correr na “Toyota Gazoo Racing Iberian Cup” começaram por receber barras de segurança, extintores e perderam a maioria dos “luxos” no seu interior.

A isto juntam-se ainda uma suspensão Technoshock, diferenciais autoblocantes fabricados pela Cusco, pneus de rali, uma entrada de ar no tejadilho, peças em carbono e ainda um sistema de elevação de escape específicos.

Quanto ao resto, continuamos a contar com um 1.6 l turbo de três cilindros (que, tendo em conta que não foram referidas alterações mecânicas, oferece 261 cv) e com o sistema de tração integral GR-FOUR. Para já o custo da participação neste troféu ainda não foi divulgado.

Sabe responder a esta?
Em que ano foi lançada a segunda geração do Toyota Paseo?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Ainda te lembras dos pequenos coupé dos anos 90?

Mais artigos em Notícias