Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Vídeo

Novo Nissan Qashqai (2021). Vai liderar o segmento?

A terceira geração do Nissan Qashqai já chegou a Portugal e o Diogo Teixeira já lhe "deitou as mãos". Será que o SUV japonês passou neste primeiro teste?

Com mais de três milhões de unidades vendidas desde que foi lançado, em 2007, o Nissan Qashqai entra na terceira geração com uma só vontade: voltar a liderar o segmento que fundou.

Para isso, apresenta um visual totalmente novo, oferece mais espaço e mais tecnologia e claro, passa a estar disponível só com versões eletrificadas, seja através de um sistema mild-hybrid de 12V ou do inédito sistema híbrido e-Power.

No primeiro contacto com a terceira geração do modelo japonês, o Diogo Teixeira “deitou as mãos” à versão com motor 1.3 DIG-T de 158 cv e conta-nos tudo o que há para saber sobre o novo Qashqai. Vejam o vídeo:

A NÃO PERDER: Nissan Leaf e+ (62 kWh) testado. A celebrar 10 anos de vida, ainda continua em forma?

Esteticamente, o novo Nissan Qashqai apresenta um visual totalmente redesenhado, ainda que seja facilmente reconhecido.

Esta nova imagem está em linha com as mais recentes propostas da marca nipónica e destaca-se, sobretudo, pela grelha “V-Motion” — característica dos modelos da Nissan — e pela assinatura luminosa em LED.

Nissan Qashqai

As jantes de 20” também não passam despercebidas, uma vez que é a primeira vez que o Qashqai as pode “calçar” (até agora só estava disponível com jantes de 19”).

Interior mais tecnológico

No interior, são notórias as evoluções no campo da tecnologia e da conectividade. O SUV japonês apresenta-se agora com um ecrã central de 9” compatível com os sistemas Android Auto e Apple CarPlay (este pode ser ligado sem fios), com um painel de instrumentos totalmente digital de 12,3” (um dos maiores do segmento) e com um Head-Up Display de 10,8”.

Equipado com várias entradas USB e USB-C e um carregador por indução para smartphone, o Qashqai pode ainda contar com WiFi, funcionando como hotspot para até sete dispositivos.

LEIAM TAMBÉM: Nissan anuncia gigafábrica em Inglaterra e um novo crossover elétrico

Também no capítulo da segurança há muitas e importantes novidades, já que o novo Nissan Qashqai equipa a mais recente versão do sistema ProPILOT.

Nissan Qashqai
Nesta nova geração o Qashqai conta com a mais recente versão do sistema ProPILOT.

Quer isto dizer que conta com funções como o controlo automático de velocidade com função stop&go e leitura de sinais de trânsito, um sistema que ajusta a velocidade à entrada das curvas com base nos dados do sistema de navegação e até um detetor de ângulo morto que atua sobre a direção.

E as motorizações?

Para a nova geração do Qashqai a Nissan não só abdicou totalmente dos motores Diesel como decidiu eletrificar todas as suas motorizações. O já conhecido bloco 1.3 DIG-T surge aqui associado a um sistema mild-hybrid de 12 V (saibam as razões por não ter adotado o mais comum de 48 V) e com dois níveis de potência: 140 ou 158 cv.

Nissan Qashqai

A versão de 140 cv conta com 240 Nm de binário e está associada a uma caixa manual de seis velocidades. Já a de 158 cv pode contar com caixa manual e 260 Nm ou com uma caixa de variação contínua (CVT), sendo que nesse caso o binário sobe para os 270 Nm.

A NÃO PERDER: Nissan Navara. O adeus da pick-up à Europa acontece em 2022

Na fase de lançamento o Qashqai só estará disponível em Portugal com a motorização 1.3 DIG-T (com 140 ou 158 cv), mas antes do verão de 2022 passará a contar com a inédita motorização híbrida e-Power, na qual o motor a gasolina assume apenas a função de gerador não estando ligado ao eixo motriz, com a propulsão a recorrer apenas e só ao motor elétrico.

Nissan Qashqai

Este sistema, que transforma o Qashqai numa espécie de elétrico a gasolina, conta com um motor elétrico de 188 cv (140 kW), um inversor, um gerador de energia, uma (pequena) bateria e, claro, um motor a gasolina, neste caso um 1.5 l com 154 cv totalmente novo que é o primeiro motor de taxa de compressão variável a ser comercializado na Europa.

Quanto custa?

Disponível em Portugal com cinco níveis de equipamento (Visia, Acenta, N-Connecta, Tekna e Tekna+), o novo Nissan Qashqai vê o seu preço começar nos 29 000 euros da versão de entrada de gama e subir até aos 43 000 euros da versão mais equipada, a Tekna+ com caixa Xtronic, que foi precisamente a que o Diogo testou neste ensaio.

LEIAM TAMBÉM: O estagiário da Nissan que tinha de ir para os piores engarrafamentos

Destaque ainda para a série especial de lançamento, denominada Premiere Edition, e que arranca nos 33 600 euros.

Descubra o seu próximo carro

Sabe responder a esta?
Em que ano a Nissan deixou de produzir o 300ZX (Z31)?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

O Nissan 300ZX (Z31) tinha dois indicadores do nível de combustível. Porquê?

Mais artigos em Testes, Primeiro Contacto