Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Apresentação

Novo Honda HR-V será apenas híbrido. Os detalhes da sua única motorização

Revelado há uns meses, o Honda HR-V e:HEV dá agora a conhecer os detalhes da única motorização híbrida com a qual vai marcar presença no mercado europeu.

Apesar de há muito sabermos que na Europa o novo Honda HR-V estaria apenas disponível com motorização híbrida, só agora é que a marca nipónica deu a conhecer os detalhes da mecânica que vai equipar a terceira geração do seu bem sucedido SUV.

Oficialmente designado HR-V e:HEV, o mais pequeno SUV da Honda “casa” um motor a gasolina com 1.5 l e quatro cilindros que funciona de acordo com o ciclo Atkinson com dois motores elétricos alimentados por uma bateria de iões de lítio com 60 células em vez das 48 células usadas pela bateria aplicada no Jazz.

O resultado final é uma potência máxima combinada de 131 cv (96 kW) e 253 Nm de binário que é enviado às rodas dianteiras por intermédio de uma caixa de engrenagem fixa, uma solução semelhante à adotada pelo Jazz.

A NÃO PERDER: Primeiro SUV elétrico que a GM vai construir para a Honda chama-se Prologue e chega em 2024
Honda HR-V

Eficiência é o foco

Com três modos de funcionamento — Electric Drive, Hybrid Drive ou Engine Drive — não é segredo que o novo Honda HR-V e:HEV privilegia a eficiência e a economia. A prová-lo estão as emissões de CO2 e consumos anunciados, que se ficam pelas 122 g/km e 5,4 l/100 km (ciclo WLTP).

Apesar desse maior foco na eficiência, o novo SUV da Honda anuncia um tempo dos 0 aos 100 km/h de 10,6s, contando para tal com a “ajuda” dos motores elétricos. Por fim, ao dispor do condutor estão ainda três modos de condução que permitem ajustar o HR-V às “necessidades” e à personalidade de quem o conduz: Sport, Econ e Normal.

VEJAM TAMBÉM: Honda. O adeus aos motores de combustão acontece em 2040

O primeiro melhora a resposta do acelerador, o segundo tudo faz para reduzir (ainda) mais os consumos, ajustando o ar condicionado e a resposta do acelerador, e o terceiro apresenta-se como uma solução de “compromisso” entre os dois primeiros modos de condução.

Elemento crucial da estratégia de eletrificação da Honda na Europa — neste mercado a marca japonesa terá uma gama totalmente eletrificada já em 2022 — o Honda HR-V e:HEV tem chegada prevista para o final do ano, mas os seus preços ainda não foram divulgados.

Sabe responder a esta?
Qual era a potência do Honda Accord Type R?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Glórias do Passado. Honda Accord Type R, o mais “adulto” dos Type R

Mais artigos em Notícias