Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Apresentação

Wallyscar Iris. Meio Citroën C3, meio Jeep e montado na Tunísia

Com um visual inspirado nos Jeep, mas com tecnologia do ex-Groupe PSA, o Wallyscar Iris é o mais recente produto da indústria automóvel da Tunísia.

Fundada na Tunísia por Zied Guiga em 2006, a Wallyscar revelou agora o seu segundo carro, o Wallyscar Iris. Sucessor do Izis lançado em 2007, o novo Wallyscar Iris até pode parecer um mini-Jeep, mas a verdade é que a marca do Grupo Stellantis ao qual este está relacionado não é a norte-americana.

Se por fora, sobretudo à frente, parece ter sido fortemente “inspirado” pelos modelos da Jeep — e vemos algo de Suzuki Jimny de uma geração atrás na lateral —, por baixo da carroçaria em plástico reforçada com fibra de vidro “esconde-se” o chassis do Citroën C3 (não sabemos de que geração). Talvez por essa razão as dimensões do Iris se aproximem às do utilitário francês.

Tem 3,9 m de comprimento, a altura fixa-se nos 1,65 m e a largura nos 1,7 m. Tudo isto permite ao modelo de duas portas e quatro lugares oferecer uma bagageira com 300 litros, que podem ir até aos 759 litros com os bancos traseiros rebatidos.

A NÃO PERDER: Todos os preços do renovado Citroën C3 Aircross para Portugal
Wallyscar Iris Wallyscar

Mecânica bem conhecida

Como seria de esperar, também a mecânica usada pelo Wallyscar Iris veio do “banco de órgãos” da parte francesa da Stellantis. Desta forma, debaixo do capô e a enviar a potência às rodas dianteiras encontra-se um 1.2 l atmosférico de três cilindros, já conhecido de propostas da Citroën, Opel e Peugeot.

Com 82 cv e 118 Nm este surge associado a uma caixa manual de cinco relações e permite ao pequeno “jipe” tunisino cumprir as rigorosas normas de emissões Euro 6.

Wallyscar Iris
O interior recorre a vários componentes bem conhecidos de modelos do ex-Groupe PSA. Até o painel de instrumentos parece seguir a tendência do i-Cockpit da Peugeot. Wallyscar

Quanto às prestações, com apenas 940 kg, o Wallyscar Iris alcança os 100 km/h em apenas 13,2s e atinge os 158 km/h de velocidade máxima enquanto anuncia consumos de 6,5 l/100 km.

Com um preço base de cerca de 14 500 euros, o Wallyscar Iris não deverá ser comercializado na Europa, ficando-se pelo seu mercado doméstico e, quiçá, outros mercados do norte de África.

Wallyscar Iris

 

Sabe responder a esta?
Em que ano foi revelado o protótipo Porsche C88?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

C88. Fica a conhecer o “Dacia Logan” da Porsche para a China

Mais artigos em Notícias