Arranque a Frio

Sistema híbrido da Renault começou com peças… Lego Technic

Sistema híbrido E-Tech da Renault foi projetado com a ajuda de peças Lego Technic. Engenheiro responsável diz que se inspirou nos brinquedos do filho.

Acham que as potencialidades das peças Lego Technic se esgotam nas construções que se podem comprar nas lojas? Claro que não. É que se soubermos o que estamos a fazer, este brinquedo permite fazer quase tudo, até protótipos do sistema híbrido de automóveis… reais.

A solução pode parecer estranha, mas foi assim que a Renault percebeu de que forma podia aplicar a tecnologia híbrida inspirada na sua equipa de Fórmula 1 aos seus modelos de produção.

Quem o diz é Nicolas Fremau, engenheiro responsável pela arquitetura híbrida E-Tech da marca francesa, que encontrou nas pequenas peças de plástico a solução para o seu problema.

A NÃO PERDER: Testámos o Renault Clio E-Tech. O que vale o primeiro Clio eletrificado?

Quando vi o meu filho a brincar com peças Lego Technic pensei que aquilo não estava longe do que eu queria fazer. Por isso comprei as peças todas que precisava para ter todos os elementos da montagem.

Nicolas Fremau, engenheiro responsável pelo sistema E-Tech da Renault
Renault E-tech Lego Technic

Para construir o primeiro protótipo foram necessárias 20 horas de trabalho, com Fremau a detetar alguns pontos fracos no modelo que tinham sido validados no plano teórico.

Mas se isso não surpreendeu Fremau, a resposta dos chefes ao modelo tratou de o fazer: “Se pudermos fazer isso em Lego, vai funcionar”. E funcionou…


Sobre o “Arranque a Frio”. De segunda a sexta-feira na Razão Automóvel, há um “Arranque a Frio” às 8h30 da manhã. Enquanto bebe o seu café ou ganha coragem para começar o dia, fica a par de curiosidades, factos históricos e vídeos relevantes do mundo automóvel. Tudo em menos de 200 palavras.

Sabe responder a esta?
Qual o tamanho da bateria do novo Renault Twingo Electric?

Mais artigos em Notícias