Mobilidade elétrica

Volkswagen confirma 18 mil carregadores rápidos na Europa e chegada da IONITY a Portugal

Grupo Volkswagen anunciou parcerias com a BP, Enel e Iberdrola para a expansão da rede de carregadores rápidos na Europa até 2025.

Depois de ter revelado os planos para a construção de seis fábricas de baterias na Europa até 2030 (uma delas a poder vir ser montada em Portugal), o Grupo Volkswagen aproveitou o seu Power Day para anunciar a intenção de aumentar a rede de carregamento de veículos elétricos a nível europeu, nomeadamente no que aos carregadores rápidos diz respeito.

O objetivo é expandir a rede europeia para 18 mil postos de carga rápida em 2025, sendo que para isso o grupo já garantiu o apoio de parceiros tão importantes quanto a BP, no Reino Unido, a Iberdrola, em Espanha, ou a Enel, em Itália.

Recorde-se que este número representa o quíntuplo dos postos de carregamento existentes na rede europeia e corresponde a cerca de um terço das necessidades totais previstas na Europa em 2025.

A NÃO PERDER: ID. Buzz. Volkswagen terá frota de táxis-robô a funcionar em 2025
ARAL postos carregamento
Serão instalados um total de 8000 carregadores em 4000 estações de serviço da BP e da ARAL, distribuídos entre Reino Unido e Alemanha.

BP é parceiro decisivo

Cerca de 8000 dos carregadores rápidos previstos até 2025 pela Volkswagen serão instalados em conjunto com a BP e terão uma capacidade de 150 kW. Serão montados num total de 4000 estações de serviço da BP e da ARAL, no Reino Unido — onde serão instalados a grande maioria destes carregadores — e na Alemanha.

Já a parceria firmada com a Iberdrola deverá abranger a grande maioria das estradas espanholas, uma intenção semelhante à prevista para Itália, que será tornada realidade com a ajuda da Enel.

Grupo Volkswagen já assegurou parcerias com empresas do setor energético como a Iberdrola, em Espanha, a Enel, em Itália e a BP, no Reino Unido. Volkswagen AG

IONITY em Portugal

As parcerias estratégias anunciadas esta segunda-feira pelo Grupo Volkswagen vão decorrer em paralelo com os esforços que várias marcas já têm em curso através da IONITY, a rede de carregadores ultrarrápidos no continente Europeu.

O objetivo passa por expandir a rede IONITY para 400 postos e para quatro novos mercados: Portugal, Polónia, Estónia e Letónia.

Volkswagen ID. Buzz
Volkswagen ID. Buzz a carregar num posto da IONITY.

Operação global

Além dos 400 milhões de euros que o Grupo Volkswagen vai investir no reforço do programa europeu de postos de carregamento até 2025, a empresa germânica quer instalar 3500 novos postos de carregamento rápidos nos Estados Unidos da América e 17 mil novos postos na China até 2025.

O Grupo Volkswagen anunciou ainda a vontade de integrar os veículos elétricos nos sistemas de energia privada, comercial e pública, permitindo assim que a eletricidade seja armazenada no veículo e reintroduzida na rede doméstica através da tecnologia de carregamento bidirecional.

Sabe responder a esta?
Em que ano foi construído o último dos Citroën 2CV?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

O último dos… Citroën 2CV feitos “falava” português

Mais artigos em Notícias