Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Fotos-espia

Novo Opel Astra chega em 2022 e já foi apanhado em fotos-espia

Com um visual inspirado no Mokka e versões híbridas plug-in, o novo Opel Astra já foi apanhado em testes numa série de fotos-espia.

Lançada em 2015, a atual geração do Opel Astra é, a par do Insignia, um dos últimos resquícios da era em que a marca alemã pertencia à General Motors, estando agora prestes a ser substituída.

Baseado na plataforma do futuro Peugeot 308 (uma versão atualizada da EMP2), o novo Astra tem chegada prevista para 2022 e já se encontra em testes, tendo sido apanhado numa série de fotos-espia que permitem antecipar as suas formas.

Apesar da abundante (e muito amarela) camuflagem, é possível prever uma mudança radical face ao atual no que ao estilo diz respeito.

VEJA TAMBÉM: As muitas máscaras do Opel Kadett
Fotos espia Opel Astra © Razão Automóvel

O que muda?

A julgar pelas fotos-espia a que tivemos acesso, parece que a promessa feita por Mark Adams, diretor de design da Opel, que em declarações aos britânicos da Autocar afirmou “o que o Mokka é para o seu segmento o Astra será para o segmento C”, não estará longe da verdade.

Na secção dianteira, apesar da camuflagem, é possível perceber que o novo Astra vai contar com “o novo rosto da marca alemã”, denominado Opel Vizor.

Já na traseira, os faróis também parecem ter ido buscar inspiração ao novo Mokka, o modelo com o qual a marca alemã lançou a linguagem de design que, aos poucos, deverá reger todos os seus modelos.

Fotos espia Opel Astra
Nesta imagem é possível confirmar que o Astra vai adotar uma grelha mais plana, à semelhança do que aconteceu com o Mokka. © Razão Automóvel
NÃO PERCA: 600 mil quilómetros. Esta Astra Caravan ganhou um lugar no museu da Opel

O que já sabemos?

Tendo em conta que se deverá basear numa evolução da plataforma EMP2, é pouco provável que o novo Opel Astra venha a contar com uma versão 100% elétrica.

Contudo, isto não significa que o Astra não vai “abraçar” a eletrificação, estando praticamente asseguradas as versões híbridas plug-in, algo que já vemos acontecer no Opel Grandland X.

Desta forma, é provável que venhamos a ter um Astra híbrido plug-in de tração dianteira e 225 cv de potência combinada e outro, mais potente, com 300 cv de potência combinada, tração integral e, talvez, com a denominação GSi, assumindo-se como a versão mais desportiva da gama.

Por fim, tendo em conta que irá recorrer a uma plataforma PSA, a gama de motores do Astra atualmente em comercialização deverá ser abandonada — são ainda todas 100% Opel — passando o novo Astra a fazer uso de mecânicas PSA.

Sabe responder a esta?
Em que ano foi revelado o Opel Ampera?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Do Kadett ao Corsa-e. A história da eletrificação na Opel

Mais artigos em Notícias