Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Antevisão

Oficial. Tavascan será o segundo elétrico da CUPRA e chega em 2024

O CUPRA Tavascan será o segundo elétrico da marca espanhola, que vai lançar ainda este ano o Born. O SUV-Coupé elétrico chega ao mercado em 2024.

Está confirmado. A CUPRA vai mesmo produzir o Tavascan, o SUV-Coupé 100% elétrico que deu nas vistas em 2019, no Salão Automóvel de Frankfurt, sob a forma de um protótipo de visual arrojado e inovador.

Com lançamento agendado para 2024, o Tavascan será o segundo modelo totalmente elétrico da CUPRA, que ainda este ano vai colocar no mercado o Born, o nome definitivo para a versão de produção do CUPRA el-Born, o seu primeiro modelo 100% elétrico.

A confirmação foi feita por Wayne Griffiths, presidente da jovem marca espanhola (e da SEAT), durante a conferência de imprensa anual da empresa: “O nosso sonho vai tornar-se realidade: o CUPRA Tavascan será realidade”.

A NÃO PERDER: CUPRA Formentor VZ5. O mais potente dos Formentor vai ter 5 cilindros
CUPRA Tavascan
CUPRA Tavascan será construído com base na plataforma MEB do grupo Volkswagen.

Como seria de esperar, e sendo este um modelo totalmente elétrico de uma marca do Grupo Volkswagen, o CUPRA Tavascan será construído com base na plataforma MEB, a mesma que encontramos, por exemplo, no Volkswagen ID.4 e no Audi Q4 e-tron.

O protótipo do Tavascan foi apresentado em 2019 com dois motores elétricos, um por eixo, para uma potência combinada de 225 kW, o equivalente a 306 cv, um valor que, segundo a CUPRA, permite passar dos 0 aos 100 km/h em apenas 6,5s.

A alimentar os dois motores encontra-se uma bateria com 77 kWh de capacidade que permite uma autonomia de 450 km, de acordo com o ciclo WLTP.

CUPRA Tavascan
Chega ao mercado em 2024.

Recorde-se que esta é precisamente uma das configurações que a Volkswagen propõe para o novo ID.4, que vai chegar ao mercado português com uma bateria de 77 kWh que alimenta um motor elétrico no eixo traseiro, com 204 cv de potência (150 kW), e que promete uma autonomia de 520 km (ciclo WLTP).

Durante esta conferência Wayne Griffiths confirmou ainda a expansão da CUPRA para a Austrália em 2022, naquele que será o primeiro passo da jovem marca espanhola na região Ásia-Pacífico.

Sabe responder a esta?
Em que ano foi apresentado o SEAT Ronda?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Este SEAT Ronda foi usado como prova em tribunal. Porquê?

Mais artigos em Notícias