E-Type 60 Collection

E-Type. Jaguar celebra 60 anos de um ícone com edição especial aos pares

O Jaguar E-Type faz 60 anos e a marca britânica quis assinalar o momento com 12 exemplares que serão vendidos aos pares a seis proprietários.

Na sua estreia mundial a 15 de março de 1961, no Salão Automóvel de Genebra, na Suíça, o Jaguar E-Type roubou todas as atenções e fez todas as manchetes. Com uma velocidade máxima superior a 240 km/h, o desportivo britânico impressionou todos quantos o viram e parecia simplesmente impossível encontrar um ângulo onde este “Jag” não fosse perfeito.

Mas apesar do forte impacto no certame helvético, poucos podiam antecipar a marca que este automóvel ia deixar na história. Passados todos estes anos, não é preciso um exercício de retrospetiva muito intenso para percebermos que este é um dos desportivos mais marcantes de sempre. E se dúvidas houvessem, Enzo Ferrari, o saudoso “Il Commendatore”, fez questão de as desfazer, ao descrever o E-Type como o automóvel mais belo jamais construído.

Não faltam, por isso, motivos para a Jaguar celebrar este modelo, que ainda hoje é capaz de arrepiar qualquer fã com gasolina a correr nas veias. E para assinalar o seu 60º aniversário, a marca com sede em Coventry, no Reino Unido, acaba de apresentar a Jaguar E-Type 60 Collection, uma edição limitada de doze modelos restaurados com uma especificação exclusiva inspirada nos veículos com as matrículas “9600 HP” e “77 RW” que estiveram em Genebra.

VEJA TAMBÉM: Jaguar F-Type recebe uma edição limitada para homenagear o E-Type
Jaguar E-Type 60 EditionA equipa da Jaguar Classic criou 12 modelos E-Type para esta coleção, divididos entre coupé e roadster, e apenas admite vendê-los aos pares, porque a história deste desportivo britânico não pode ser contada de outra forma.

Os seis veículos Fixed-Head Coupé E-Type 60 Edition baseiam-se no “9600 HP” com uma cor exterior exclusiva Flat Out Grey, acabamento interior em couro Smooth Black e detalhes especiais de 1961.

Já as seis versões roadster E-Type 60 Edition evocam o “77 RW” com uma cor exterior exclusiva Drop Everything Green, acabamento interior em couro Suede Green e detalhes especiais de 1961.

Comum às duas versões é o logótipo comemorativo do E-Type 60 no capô, tampa do depósito de combustível, placa do chassis e conta-rotações, desenvolvido em parceria com Julian Thomson, diretor de design da Jaguar.

Mais especial ainda é a inscrição que surge nas consolas centrais. Desenhadas pelo artista King Nerd, estas gravações comemoram as viagens épicas de Norman Dewis, o piloto de testes da Jaguar, e do publicista Bob Berry para conduzir os E-Type até ao lançamento de 1961.

Jaguar E-Type 60 Edition
Só serão produzidos seis exemplares de cada versão.

Apresentação do E-Type quase não acontecia

A estreia mundial do E-Type correu tão bem que nem os próprios responsáveis da Jaguar estavam preparados para uma resposta tão positiva do público, mas aquilo que poucos sabem é que esta apresentação esteve a minutos de não acontecer.

O único coupé disponível para provas de estrada era o que estava na Suíça, na estreia, e foi conduzido a fundo por Bob Berry desde Coventry, Reino Unido, que chegou apenas uns minutos antes da apresentação e foi recebido por Sir William Lyons, fundador da Jaguar, que o brindou com uma frase que agora ficará eternizada nestas seis novas versões coupé: “I thought you’d never get here” (Pensei que nunca mais chegavas).

VEJAM TAMBÉM: Jaguar “ressuscita” o C-Type para comemorar o aniversário do modelo

Nessa madrugada, a Jaguar decidiu enviar outro E-Type desde Coventry, desta vez um roadster, com Norman Dewis ao volante. As indicações de Sir William Lyons para o piloto de testes foram simples: “Drop everything and bring the open top E-Type over” (Larga tudo e traz o E-Type descapotável). E Norman Dewis cumpriu.

Jaguar E-Type 60 Edition
Rota icónica entre Coventry (Reino Unido) e Genebra (Suíça) está gravada na consola central de cada um destes automóveis.

Estas duas frases míticas do fundador da marca britânica estão agora gravadas nos Jaguar E-Type 60 Collection, que contam ainda com um volante leve com aro em madeira de faia ao estilo dos veículos de 1961 que inclui um botão de buzina em ouro de 24 quilates.

Jaguar E-Type 60 anos
Cada veículo é entregue com uma capa E-Type 60 exclusiva e bolsas para guardar o conjunto de ferramentas e o macaco.

Tive a oportunidade fantástica de desenhar e gravar as histórias dos trajetos emblemáticos de duas lendas da Jaguar nestes veículos tão míticos e especiais. Como uma recordação eterna do aniversário, a memória de Bob Berry e Norman Dewis irá acompanhar sempre os E-Type em todas as suas aventuras.

Johnny Dowell, artista e designer conhecido como King Nerd

Mecânica aprimorada

Cada um destes doze automóveis é “animado” por um motor XK 3.8 de seis cilindros e 265 cv que incorpora um radiador autêntico em liga leve, ao estilo de 1961, com ventilador de refrigeração elétrico e arranque eletrónico para facilitar a sua utilização no dia-a-dia, bem como um sistema de escape em aço inoxidável polido. Este novo sistema de escape tem as dimensões exatas do sistema de série em aço temperado, mas disponibiliza uma sonoridade ligeiramente mais grave e maior longevidade.

Mas a maior melhoria mecânica é a nova caixa manual de cinco velocidades com carretos sincronizados em todas as relações, engrenagens helicoidais e carcaça reforçada em alumínio fundido para aumentar a fiabilidade e a resistência, tudo para otimizar as respostas e suavizar as passagens de caixa, criando assim uma experiência de condução ainda mais rica.

VEJAM TAMBÉM: 30 anos depois, conseguirá um Jaguar XJ220 dar 320 km/h?

Viagem de Coventry a Genebra é para repetir

"Sessenta anos após a sua estreia no Salão de Genebra, realizada em março de 1961, a extraordinária equipa da Jaguar Classic lança a melhor prenda de aniversário do E-Type: a E-Type 60 Collection. A atenção ao detalhe cuidada deixa patente que este projeto é fruto do amor dos nossos designers, engenheiros, artesãos e parceiros. Os seus detalhes requintados são conjugados com uma maior funcionalidade para assegurar que os clientes mais exigentes apreciem e desfrutem destes veículos E-Type durante anos. A sua aventura irá começar no verão de 2022, quando os seis clientes e os seus acompanhantes irão participar numa viagem única de Coventry a Genebra".

Dan Pink, diretor da Jaguar Classic

Subscreve o nosso canal de Youtube.

Cada proprietário é consultado sobre os detalhes de cada um destes exemplares, que demoram cerca de 100 horas a ser produzidos. Mas a cereja no topo do bolo será a viagem entre Coventry e Genebra que a marca britânica vai promover no verão de 2022, quando os seis clientes — os 12 exemplares serão vendidos aos pares — e seus acompanhantes embarcarem numa viagem épica rumo ao sítio onde tudo começou, criando as suas próprias memórias ao volante daquele que a Jaguar considera ser “o derradeiro presente de aniversário” do E-Type.

Os preços destes modelos não foram divulgados, mas se tivermos em conta que o E-Type 3.8 do projeto Reborn da Jaguar Classic custa cerca de 365 000 EUR, então podemos assumir que este par terá um preço superior a 730 000 EUR.

Sabe responder a esta?
Quantas unidades foram produzidas do Lamborghini Miura SVR?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Nova vida para o único e radical Lamborghini Miura SVR

Mais artigos em Notícias