Indústria

Jaguar Land Rover eletrifica-se “à boleia” do plano “Reimagine”

Focado na eletrificação da Jaguar Land Rover, este plano vai tornar a Jaguar 100% elétrica a partir de 2025 e trazer o primeiro Land Rover elétrico em 2024.

A indústria automóvel está em “ebulição” e depois de termos conhecido o plano de restruturação do Grupo Renault, o Renaulution, hoje ficámos a conhecer a estratégia de restruturação da Jaguar Land Rover.

Designado “Reimagine”, este plano tem um objetivo simples: tornar a Jaguar Land Rover numa empresa carbono zero até 2039.

Para o conseguir, as duas marcas do grupo têm de se eletrificar (e muito) e é isso que vai acontecer nos próximos anos, com a Jaguar a tornar-se exclusivamente elétrica já em 2025 e todos os modelos da Land Rover a contarem com variantes 100% elétricas até ao final da década.

VÊ TAMBÉM: Testámos o Land Rover Discovery Sport de… tração dianteira. “Concentrado” de Land Rover
Jaguar I-PACE
Primeiro elétrico da Jaguar, a partir de 2025 o I-PACE será o “novo normal” da marca britânica.

Por essa altura, o objetivo passa por assegurar que 60% das vendas da Land Rover correspondem a modelos exclusivamente elétricos.

Três plataformas, todas eletrificadas

Pensado para valorizar a “qualidade em detrimento do volume”, o plano “Reimagine” vai assentar em três plataformas (duas para a Land Rover e uma para a Jaguar), todas elas eletrificadas.

O objetivo desta redução do número de plataformas passa, segundo Thierry Bolloré, CEO da Jaguar Land Rover, por “estabelecer novos padrões de referência em economias de escala e qualidade para as marcas de luxo”.

A Land Rover vai recorrer à plataforma Modular Longitudinal Architecture (MLA), que permite motores de combustão e elétricos, e à Electric Modular Architecture (EMA), uma plataforma mais focada na eletrificação que poderá receber ainda “motores de combustão bastante eletrificados”.

Jaguar Land Rover

Já a Jaguar vai contar com uma plataforma exclusiva e totalmente elétrica, sendo esta a base de todos os modelos da marca britânica a partir de 2025.

Por fim, Bolloré afirmou ainda que a partir de 2026 está previsto um abandono dos motores Diesel e que a Jaguar Land Rover irá investir bastante no hidrogénio e na tecnologia fuel cell.

VÊ TAMBÉM: Jaguar “ressuscita” o C-Type para comemorar o aniversário do modelo

Jaguar: adeus octanas, olá eletrões

Começando pela Jaguar, o objetivo tem tanto de simples como de ambicioso: tornar a marca britânica numa marca exclusivamente elétrica já a partir de 2025.

De acordo com o comunicado hoje divulgado, isto permitirá à Jaguar “realizar o seu potencial único” e, acima de tudo, afastar-se da quebra de vendas (e lucros) que a tem “perseguido” nos últimos anos.

Jaguar Land Rover
A NÃO PERDER: O virtual Vision Gran Turismo SV dá-nos dicas do que pode ser o futuro do design da Jaguar

Curiosamente, o sucessor do Jaguar XJ (que já sabíamos que seria elétrico) foi posto de parte, com a marca a afirmar que este não fará parte da gama, apesar de admitir que a designação poderá vir a ser usada.

Como é óbvio, ainda há muitas informações por confirmar, no entanto, ao que parece, a marca deverá também afastar-se um pouco dos SUV, tudo para não “chocar” com as propostas da Land Rover.

Land Rover: menos modelos, mais lucro

Apesar de o CEO da Jaguar Land Rover a afirmar que a gama da Land Rover terá “menos modelos” e focar-se-á nas propostas mais populares, não vão faltar novidades à marca britânica.

Por exemplo, já para 2024 está agendada a chegada do primeiro modelo 100% elétrico da marca, sendo que, nos próximos cinco anos, a Land Rover verá chegar ao mercado seis variantes 100% elétricas.

Jaguar Land Rover

As fábricas mantêm-se

Apesar de o plano “Reimagine” prometer uma restruturação total da Jaguar Land Rover, inclusive no que à gestão diz respeito, uma coisa parece certa: não vão fechar fábricas.

Acerca desta questão, a Jaguar Land Rover afirmou não ter planos para fechar as “suas principais fábricas”. Além disto, e como ressalvam os britânicos da Autocar, nenhum modelo deverá ser descontinuado, “não havendo planos para a paragem de produção de modelos”.

No total, anualmente a Jaguar Land Rover vai investir 2,5 mil milhões de libras (2,9 mil milhões de euros) ao abrigo do plano “Reimagine”.

Sabe responder a esta?
Qual é a capacidade da bagageira do Jaguar E-Pace?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Teste ao Jaguar E-PACE. Tudo o que precisas saber

Mais artigos em Notícias