Apresentação

Tudo o que mudou no renovado Citroën C3 Aircross

O Citroën C3 Aircross renovou-se e além de um novo visual recebeu um reforço tecnológico. Neste artigo damos-te a conhecer todas as suas novidades.

Lançado em 2017 e com 330 mil unidades vendidas, o Citroën C3 Aircross foi agora alvo do tradicional restyling de meia idade, seguindo o exemplo já dado pelo seu “irmão”, o C3. E ao contrário do que vemos em outros restylings, este foi bastante pronunciado quando olhamos para a frente do renovado modelo.

Por lá encontramos a nova assinatura da Citroën, estreada em 2020 no C3 e inspirada no protótipo CXPERIENCE. As diferenças são óbvias, prescindindo dos anteriores faróis de formato a tender para o quadrado, por outros bem mais finos e integrados numa pequena grelha superior. Novo é também o para-choques que passa a incluir uma grelha de maiores dimensões.

Além da nova frente, o revisto C3 Aircross aposta forte na personalização, contando com um total de 70 combinações possíveis. Estas baseiam-se em sete cores exteriores (três novas), quatro “Packs Color”, incluindo duas novas cores com efeitos texturizados, duas cores de tejadilho e ainda novas jantes de 16’” e 17”.

VÊ TAMBÉM: Já conduzimos o ë-C4 em Portugal, o Citroën C4 elétrico. A melhor escolha?
Citroën C3 Aircross

E no interior, o que muda?

Quanto ao interior, o tema da personalização continua forte onde podemos escolher entre quatro ambientes — o de série, “Urban Blue”, “Metropolitan Graphite” e “Hype Grey” —, e passamos a ter mais conforto e mais tecnologia.

Quanto ao conforto, este saiu a ganhar com a adoção dos bancos “Advanced Comfort”, estreados no C4 Cactus e no C5 Aircross, e que estão disponíveis nos ambientes “Urban Blue”, “Metropolitan Graphite” e “Hype Grey”.

VÊ TAMBÉM: Parece de brincar, mas é a sério. Já conduzimos o Citroën Ami

Já no campo da tecnologia, as novidades consistem na adoção de um novo ecrã tátil de 9” que conta com o sistema “Citroën Connect Nav” e a função “Mirror Screen” compatível com Android Auto e Apple Car Play.

Além disto, o C3 Aircross conta ainda com carregamento sem fios para smartphones, 12 tecnologias de assistência à condução como o head-up display, reconhecimento de sinais de trânsito de velocidade e de recomendação, o sistema “Active Safety Brake” ou a comutação automática de luzes.

Citroën C3 Aircross
Os novos bancos “Advance Confort” foram estreados no C4 Cactus e C5 Aircross.
VÊ TAMBÉM: O último dos… Citroën 2CV feitos “falava” português

Disponível ainda com sistemas como o “Park Assist” ou a câmara de ajuda ao estacionamento, o C3 Aircross continua a dispor do “Grip Control” com “Hill Assist Descent”.

Por fim, no que diz respeito à gama de motorizações, esta continua a assentar em duas propostas a gasolina e duas Diesel. A oferta a gasolina assenta no 1.2 PureTech com 110 cv ou 130 cv e caixa manual ou automática (ambas de seis relações), respetivamente.

Citroën C3 Aircross
A Citroën foi mais uma das marcas a escolher o nosso país para a sessões fotográfica oficial.

Quanto à oferta Diesel, esta consiste no 1.5 BlueHDi com 110 cv ou 120 cv e caixa manual de seis relações (no primeiro) e automática de seis relações (no segundo). Ainda sem preços, o renovado Citroën C3 Aircross deverá chegar aos concessionários a partir de junho de 2021.

Sabes responder a esta?
Qual era a potência do Citroën Xantia Activa V6?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Lembras-te deste? Citroën Xantia Activa V6

Mais artigos em Notícias