Venda

Mercedes-Benz SLR McLaren 722 Edition ex-Michael Jordan está à venda

Outrora propriedade de Michael Jordan, este Mercedes-Benz SLR McLaren 722 Edition apresenta-se com poucos quilómetros e um preço a condizer com a sua raridade.

Sinónimo do que de melhor nasceu dos tempos em que a Mercedes-Benz detinha 40% da McLaren, o Mercedes-Benz SLR McLaren 722 Edition é, por mérito próprio, daqueles carros que quando surgem à venda são notícia.

Ora, se a isto juntarmos o facto de o exemplar de que te falamos hoje ter pertencido à lenda do basquetebol Michael Jordan, é quase caso para dizer “parem as rotativas!” e é precisamente esse o caso do exemplar de que te falamos hoje.

Com o chassis número 001327, este Mercedes-Benz SLR McLaren 722 Edition saiu da linha de produção em 2007 e desde então percorreu apenas 1084 milhas (1745 km). Tudo isto contribui para que, pelo carro anunciado no site Crave Luxury Auto, estejam a ser pedidos 695 750 dólares (567 569 euros).

VÊ TAMBÉM: Sabes quem já conduziu o Mercedes-AMG One? Lewis Hamilton, é claro

O Mercedes-Benz SLR McLaren 722 Edition

Uma homenagem à vitória de Stirling Moss e Dennis Jenkinson na Mille Miglia de 1955 (o número 722 era o do carro da dupla e representava a hora de partida), há bem mais a diferenciar o SLR McLaren 722 Edition dos SLR McLaren “comuns” que os detalhes estéticos.

Mas comecemos precisamente por estes e há a destacar um splitter dianteiro, a “máscara” preta nos faróis dianteiros e traseiros, as jantes de 19” (normalmente eram de 18”) e os “obrigatórios” logótipos.

Já nas ligações ao solo, o Mercedes-Benz SLR McLaren 722 Edition recebeu uma suspensão com calibração específica (que permitiu aproximá-lo em 10 mm do solo) e discos de travão de maiores dimensões — à frente passaram dos 370 mm para os 390 mm.

Por fim, é debaixo do capô que estavam as grandes novidades. Apesar de manter o 5.4 l V8 by AMG, alimentado por um compressor volumétrico, o SLR McLaren 722 Edition viu a potência o binário crescerem. Assim, em vez dos habituais 626 cv e 780 Nm debitados, o V8 passou a oferecer 650 cv e 820 Nm que permitiam impulsionar os seus 1768 kg até aos 337 km/h.

VÊ TAMBÉM: Mercedes-Benz S600 Coupé de Michael Jordan está à venda

Sabes responder a esta?
Qual era a potência do Mercedes-Benz E 50 AMG (W210)
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Lembras-te deste? Mercedes-Benz E 50 AMG (W210)

Mais artigos em Notícias