Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Design

Um Lancia Delta dos tempos modernos? Poderia ser assim

O designer italiano Sebastiano Ciarcia decidiu imaginar como poderia ser um Lancia Delta dos tempos modernos. Este foi o resultado.

Atualmente limitada a apenas um mercado (o italiano) e um modelo (o pequeno Ypsilon) a Lancia continua a ser acarinhada por muitos fãs do mundo automóvel que anseiam pelo seu ressurgimento e lembram com saudade os seus modelos, especialmente o Lancia Delta, que tanto conquistou nos ralis por esse mundo fora.

Um desses fãs parece ser italiano Sebastiano Ciarcia que afirma: “Para mim, o Delta sempre foi um ícone, uma espécie de Santo Graal insubstituível”. Ora, insatisfeito com a situação atual da Lancia, Ciarcia decidiu aplicar os seus conhecimentos para imaginar como seria um Delta dos tempos modernos.

Segundo conta o italiano na sua conta de Instagram, largas horas a ver vídeos dos saudosos Grupo B no Youtube (quem nunca o fez?) trouxeram-lhe a inspiração para se aventurar na criação de uma variante moderna do icónico modelo.

VÊ TAMBÉM: E se o Fiat 126 regressasse como um citadino elétrico?

Inspirado na competição, é claro

Como seria de esperar, a inspiração veio toda do Lancia Delta da primeira geração, não só dos modelos de estrada, como do icónico “monstro” Delta S4 que nos anos 1980 deliciava os adeptos de ralis um pouco por todo o mundo.

Segundo Sebastiano Ciarcia, o resultado final visa ser “uma interpretação moderna do carro sem ser muito nostálgico ou retro (…) assumindo-se como uma evolução do design anterior que enfatiza todas as linhas principais e ADN para trazer o caráter original de volta ao veículo”.

Pondo de parte as explicações do seu autor por breves momentos, a verdade é que este DELTA (foi assim que Ciarcia apelidou o projeto) não esconde a inspiração no Delta e, principalmente, no Delta S4, algo que se torna evidente na secção traseira e nos pronunciados guarda-lamas traseiros.

DELTA
Sebastiano Ciarcia
VÊ TAMBÉM: Fiat Coupé Tribute. Re-imaginar o Fiat Coupé para o séc. XXI

De acordo com o designer italiano, no capítulo mecânico o seu DELTA recorreria a uma motorização híbrida que lhe asseguraria tração integral. Outro “piscar de olho” ao Delta S4 é o facto de o motor surgir em posição central traseira, podendo ser observado através do vidro atrás.

Apesar deste DELTA estar bem longe de poder chegar à produção — não é mais que um modelo 3D —, deixamos-te uma pergunta: gostavas que o Lancia Delta renascesse ou achas que deveria manter-se nos livros de história? Deixa-nos a tua opinião nos comentários.

Sabe responder a esta?
Em que ano deixou de ser produzido o Saab-Lancia 600?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Não estão a ver mal. Este Delta é mesmo um Saab-Lancia 600

Mais artigos em Notícias