Leilão

7 magníficos BMW de estrada e pista vão a leilão. Qual escolherias?

Esta coleção de sete magníficos BMW de estrada e competição que vai a leilão é de deixar qualquer entusiasta com as pernas trémulas.

Por baixo da denominação “Henry Schmitt Collection” encontramos sete magníficas máquinas da BMW (incluíndo uma da Alpina), tanto de estrada como de competição que começarão a ser leiloadas online pela Stratas Auction a partir do próximo dia 19 de janeiro.

Quem é que é Henry Schmitt? Não só é o dono da BMW São Francisco, EUA, como também é piloto de competição, sempre aos comandos de modelos BMW, modernos ou históricos — como não podia deixar de ser. Apesar de já ter mais de 60 anos, Schmitt ainda compete ao mais alto nível, tendo feito parte, em 2020, do GT World Challenge America com um BMW M6 GT3.

A sua ligação à BMW é forte a vários níveis, tendo colecionado vários modelos de estrada e competição ao longo dos anos. No entanto, nos últimos tempos, a sua impressionante coleção tem diminuído, com Schmitt a colocar à venda, através de leilão, variados exemplares da sua coleção.

VÊ TAMBÉM: Sê bem-vindo à M Town, a cidade onde tudo é sobre a BMW M

Já o tinha feito em 2019, quando a RM Sotheby’s leiloou quatro dos seus modelos de competição e agora prepara-se para colocar mais sete magníficos exemplares à venda. Independentemente das razões porque o está a fazer, esta é uma oportunidade única para “pôr a mão” em máquinas raras e únicas — clica nos subtítulos para acederes a toda a informação sobre cada um dos carros no website da Stratas Auction.

1968 BMW 2002 ti Rally

Um BMW de rali? Não é comum, mas já aconteceu e para mais, o maior sucesso alcançado por um BMW 2002 ti Rally foi uma vitória no nosso Rally de Portugal em 1972, com Achim Warmbold ao volante. Esta unidade que vai a leilão não é a mesma que venceu o nosso rali, mas não é menos interessante por isso.

Mesmo sendo de competição, este BMW 2002 ti Rally recebeu várias modificações ao longo dos tempos — desde a cadeia cinemática ao chassis —, mas pode participar a nível oficial em competições automóveis históricas.

Leilão: 19 de janeiro de 2021.

1969 BMW 2002 Race Car

Apesar de ser um carro de competição, este BMW 2002 não nasceu como tal. Foi apenas em 2011, com o seu anterior dono, que se deu início aos trabalhos de conversão para competir. Schmitt comprou-o em 2013 e continuou a modificar o carro, instalando-lhe, entre outros, uma caixa de cinco velocidades de relações mais curtas, e um diferencial de um BMW 320i (E30).

Leilão: 10 de fevereiro de 2021.

VÊ TAMBÉM: Gruppe5 2002 é um BMW 2002 que abusou nos esteróides

1974 BMW 3.5 CSL IMSA “Batmobile”

A estrela desta coleção de BMW? Muito provavelmente. Este BMW 3.5 CSL “Batmobile”, chassis #987 foi o vencedor das 12 Horas de Sebring de 1975, com Brian Redman e Hans-Joachim Stuck a dividirem o lugar de piloto, entre outros — é possível encontrar as suas assinaturas no interior.

Ao contrário do modelo de estrada, o 3.0 CSL (E9), o modelo de competição viu o seu seis cilindros em linha crescer até aos 3,5 l (M49) de capacidade e até aos 370 cv. Mas é a parafernália aerodinâmica — spoiler dianteiro a quase raspar no chão, barbatanas sobre os guarda-lamas dianteiros, a enorme asa traseira — que o distingue e lhe dá alcunha de “Batmobile”.

Não é a primeira vez que este CSL vai a leilão — foi um dos leiloados em 2019, sem encontrar comprador. Será que encontrará novo dono neste?

Leilão: 22 de janeiro de 2021.

1975 BMW 3.5 CSL Continuation

Podia ser o “irmão” do “Batmobile” acima, mas este BMW 3.5 CSL não é um carro de competição original. O número do seu chassis diz-nos, de acordo com os arquivos históricos, que estava previsto tornar-se num CSL de competição, mas nunca o chegou a ser. Não impediu Schmitt de, após a sua aquisição, o ter transformado no carro de competição originalmente pretendido, usando peças de substituição de outros CSL.

Daí o nome “Continuation”, sendo uma espécie de tributo aos CSL originais. Não está, no entanto, totalmente de acordo com as especificações originais. O motor, por exemplo, mantém o bloco e a injeção mecânica do original, mas a cabeça é agora de quatro válvulas por cilindro. Resultado? 500 cv de potência para pouco mais de 800 kg de peso!

Leilão: 21 de janeiro de 2021.

1991 BMW Z1 Alpina RLE

Um de dois carros de estrada deste grupo, o BMW Z1 Alpina RLE (Roadster Limited Edition) é uma raridade. O Z1 que lhe serve de base — o primeiro Z da BMW — de comum também tem pouco, tendo sido apenas produzidas cerca de 8000 unidades. A interpretação da Alpina foi apenas produzida em escassas 66 unidades, com metade delas a irem para o Japão e a outra metade a ficar na Europa.

A Alpina alterou o seis cilindros em linha — passou de 2,5 l para 2,7 l —, com a potência a subir dos 170 cv do Z1 regular para os 200 cv. Distingue-se ainda pelas típicas jantes raiadas da Alpina, aqui com 17″. Esta unidade, a n.º 28, percorreu menos de 35 mil quilómetros.

Leilão: 12 de fevereiro de 2021.

1995 BMW 850 CS

O outro carro de estrada a leilão é também um raro BMW 850 CSi — apenas 1510 unidades foram produzidas. Não foi o M8 esperado, mas o pináculo do primeiro Série 8, o 850 CSi soube “apimentar” o coupé de luxo da marca bávara. Por baixo do capô residia um V12 atmosférico com 5,6 l de capacidade e 380 cv.

Schmitt é o seu segundo dono — este 850 CSi passou a maior parte da sua vida na Suécia antes de Schmitt o adquirir, levando-o para os EUA —  e o conta-quilómetros regista à volta de 60 mil quilómetros.

Leilão: 11 de fevereiro de 2021.

VÊ TAMBÉM: BMW Série 8. O Grand Tourer de Munique

2018 BMW M6 GT3

Por fim, mas não menos importante, regressamos aos circuitos com um dos, literalmente, maiores GT3 que até hoje competiram. O BMW M6 GT3 vai dar lugar ao novo M4 GT3 nos circuitos — esta unidade a leiloar é de 2018.

É também uma unidade muito bem sucedida, com o chassis n.º 1621 a ter terminado em segundo nas 24 Horas de Spa-Francorchamps em 2018, e tem sido a máquina com que Henry Schmitt tem competido nos EUA na GT World Challenge America. O 4.4 V8 debita 585 cv e já fez exigentes e rápidos 9100 km.

Leilão: 20 de janeiro de 2021.

Mais artigos em Notícias