Multas

Multas da EMEL podem tirar pontos da carta? Nestas situações sim

Não é só a tua carteira que pode sofrer com as multas da EMEL, havendo casos em que estas custam pontos na carta. Descobre quais neste artigo.

A EMEL não multa apenas automóveis que estejam indevidamente estacionados nos lugares por si geridos e por essa razão algumas das multas da EMEL podem mesmo custar pontos na carta de condução.

Responsável por gerir e fiscalizar o estacionamento em grande parte da cidade de Lisboa, a EMEL vê os seus agentes de fiscalização de estacionamento serem equiparados a Agentes de Autoridade.

Desta forma, estes podem multar, bloquear ou remover quaisquer veículos que estejam a infringir o Código da Estrada, sendo que, quando essas infrações correspondem a uma contraordenação grave ou muito grave, é possível uma multa da EMEL custar-te pontos na carta.

VÊ TAMBÉM: Subviragem e sobreviragem: sabes distingui-las? E corrigi-las?
Emel

Em que situações isso acontece?

São duas as multas da EMEL que podem custar pontos na carta de condução, tratando-se em ambos os casos de contraordenações graves (previstas no artigo 145º do Código da Estrada).

A primeira é no caso do estacionamento (ou paragem) em cima de uma passadeira e a segunda é no caso do estacionamento (ou paragem) em lugar reservado a pessoa com deficiência.

Em ambos os casos além da coima a multa da EMEL traz consigo a perda de dois pontos na carta de condução, sendo que, por se tratar de uma contraordenação grave, está ainda prevista uma sanção acessória de inibição de conduzir de 1 a 12 meses.

Sabes responder a esta?
Qual a capacidade da bagageira do Honda Jazz?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Testámos o Honda Jazz HEV. A “receita” certa para o segmento?

Mais artigos em Autopédia